GÉMEOS - signo

  GÉMEOS - "Eu penso"

 

“Pessoas dotadas de amor são aquelas que não chegam a perder sua relação com a Terra, o Sol, a Lua, o vento, com o toque, a alegria, o prazer de viver...”
E quantos de nós é que tem tempo para usufruir da Natureza? A grande maioria de nós não sai da selva de concreto (em especial dos centros comerciais), não respira ar puro, não procura o contacto com a Natureza… Só damos valor as estas pequenas/enormes/fundamentais coisas quando, por alguma razão, já não conseguimos desfruta-las. Só os paraplégicos é que dão valor ao simples andar… só os invisuais dão valor às lindas cores da vida.
Assumimos tudo como garantido, a vida, por exemplo, vivemos como se fossemos imortais, mas não somos e um dia a vida dissipa-se. Não tratamos bem quem amamos e um dia eles vão-se; não demonstramos o que sentimos e vivemos cheios de máscaras. Raramente conseguimos ser nós mesmos. Raramente alguém nos conhece genuinamente… e é pena.

Esta carta de personalidade firme indica uma boa disposição geral, disposição essa que se repercutirá muito na vida afectiva. É preciso talvez dar um pouco mais, ser mais expressivo/a. Ninguém adivinha o que se passa na sua alma/coração e às vezes, aliás, muitas vezes o que aparentamos não é o que sentimos. Sabe o que isso causa? Insegurança na sua “metade” que se reflecte em instabilidade na relação.

Em termos profissionais o conselho da Rainha de Ouros é: seja paciente consigo, com aqueles que trabalham consigo. Tudo tem o seu ritmo, respeite o seu.

                                                                                           in Vera Xavier



É de forma inesperado como nos identificamos com palavras. Como as palavras transmitem o nosso estado de espírito perante nôs e os outros que nos rodeiam. É algo que pesquiso bastante e cada momento é surpreendente as descobertas que nos permite conquistar o nosso espaço.

Na verdade queremos alterar o ritmo das coisas, acelaram os acontecimento, não devemos fazê-los porque cada acontecimento irá ser o reflexo na nossa vida e são no momento certo que os mesmo irão acontecer. Na ocasião o momento certo, não iremos entender porque por vezes transforma-se numa dor, num confronto interior em que nos questionamos os porquês?



Porquê tinha de acontecer comigo?

O que fiz para merecer tal situação?

Devo ter feito muito mal para merecer tal castigo? Estão a castigar-me, só pode?



São interrogações que no tal "momento certo" pairam sobre o nosso SER. Mas não estavamos preparados para o que aconteceu mas, no Universo era o momento certo, no seu ritmo as coisas aconteceram. Iremos entendê-las mais tarde e depois diremos, talvez foi bom assim, tinha que ser!


Cada um de nôs tem o seu próprio tempo para amadurecer a ideia dos acontecimentos, uns mais rápidos e outros nem por isso.


NADA ACONTECE POR ACASO.



Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 11:57 | comentar | favorito
música: GÉMEOS