Aprender com o tempo ...

 

Depois de algum tempo você percebe a diferença,
a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido,

O mundo não pára para que você o conserte.

E você aprende que amar não significa apoiar-se,

E que companhia nem sempre significa segurança.

E começa a aprender que beijos não são contratos e

Presentes não são promessas.

Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

E aprende que não importa o quanto você se importe,

Algumas pessoas simplesmente não se importam...

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto

E não com a tristeza de uma criança.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida,

Mas quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família

Que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos

Se compreendemos que os amigos mudam,

Percebe que seu amigo e você podem fazer qualquer coisa,

Ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que, ou você controla seus actos,

Ou eles o controlarão,

E que ser flexível não significa ser fraco ou

Não ter personalidade,

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências.

Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera

 Que o chute quando você cai é uma das poucas

Que o ajudam a levantar-se.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança

que sonhos são bobagens,

Poucas coisas são tão humilhantes e

Seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado 

Por alguém, algumas vezes você tem que aprender

A perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga,

Você será em algum momento condenado.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:47 | favorito
tags: