12
Mar 09

CEO da Apple dá lição de como ser feliz.

 

 

CEO da Apple dá lição de como ser feliz. Engraçado como deparamos com palavras ou até texto que nos fazem pensar, seriamente do que queremos fazer para conquistar uma pequena fatia da que temos direito como a FELICIDADE. Os grandes mentores de grandes companhias mundiais também têm os seus segredos ou filosofias de vida. 

 

Eis uma da qual transcrevo na integra para partilha. 

 

Não gosto que encham a minha caixa de correio com mensagens que não me dizem nada. Mas já adoro quando alguém me envia alguma coisa porque acha que «tem a minha cara». Foi o que aconteceu quando o meu oitavo irmão, como lhe chamo, me mandou o discurso de Steve Jobs, o CEO da Apple and Pixar Annimation, proferido na cerimónia de fim de curso de uma universidade. E porque gostei tanto, atrevo-me, na mesma lógica, a dividi-lo consigo. Steve Jobs conta três histórias.

 

1. A mãe biológica deu-o para adopção, mas exigiu que o casal tivesse formação universitária. Quando soube que não tinham, recusou-se a assinar os papéis. Relutante, concordou quando prometeram que o enviariam para a universidade. Só que o próprio Steve abandonou a faculdade porque não suportava que os pais gastassem as suas poupanças nas propinas. Passou, então, a frequentar só as aulas que lhe interessavam, e Caligrafia foi uma delas. Não lhe serviu para nada, até ao dia em que, na garagem, concebeu com o Woz o primeiro Machintosh. «Se não tivesse feito Caligrafia, o Mac não teria a opção de todos aqueles tipos de letra fantásticos, e como o Windows é uma cópia do Mac, provavelmente os computadores nunca teriam essa vertente», diz. Moral: «não se podem juntar os pontinhos (do cenário), olhando para o futuro, só para o passado. Por isso é preciso acreditar e seguir a intuição.»

 

2. Do Mac caseiro à empresa com 4 mil empregados foi um salto. Mas anos depois foi despedido, devido a um desentendimento com os sócios. Sentiu que tinha perdido o chão, até que percebeu que «fui rejeitado mas continuava apaixonado». E começou tudo do princípio. O novo surto de criatividade resultou na Next e na Pixar. Moral: não «assentem» até encontrarem a vossa paixão.

 

3. A morte é a maior invenção da vida, o agente de mudança, que cria espaço para o novo, explica. «Quando sabemos que vamos morrer, percebemos que não temos nada a perder.» Por isso, ordena: «Nunca vivas a vida dos outros, segue a voz interior que ela sabe melhor do que tu aquilo em que te queres tornar.»

Isabel Stilwell |editorial@destak.pt

 

 

 

                                                      Fonte: EDITORIAL de 12 de Março de 2009 - 08.14h

Voz do Vento...

 

 

publicado por Voz do vento às 23:10 | comentar | favorito
sinto-me: Meditando ....
01
Mar 09

“ A última pedra”


Gosto de uma música que Frank Sinatra costumava cantar, My way.

O curioso é que só fui prestar atenção na letra dessa canção quando escrevia este texto.

Ela diz mais ou menos assim:

"Se eu acertei ou se errei, fiz isso da minha maneira".

 

 

Quando olho para trás,

percebo que fiz muitas bobagens.

Acertei bastante, mas também errei bastante.

Quando olho para diante, tenho certeza de que vou acertar e errar bastante também.  

É impossível acertar sempre.

Mas o importante é que não gastemos nosso tempo nem nossa energia nos torturando.

A autocrítica pelo que não deu certo, além de ser nociva para a saúde, faz que a gente perca os passarinhos que a vida nos oferece no presente.  

Um dia destes, um dos meus filhos me perguntou por que eu tomei determinada decisão estúpida tempos atrás.

Respondi que me arrependia do que tinha feito,

mas expliquei que, naquele momento,

minha atitude me parecia lógica.

Se eu tivesse o conhecimento e a maturidade de hoje, certamente a decisão seria diferente.

Por isso é que lhe digo:

não se torture por algo que não deu certo no passado 

Talvez você tenha escolhido

a pessoa errada para casar.

Talvez tenha saído da melhor empresa

onde poderia trabalhar.

Talvez tenha mandado uma filha grávida                                                 

embora de casa.

Não importa o que você fez,

não se torture.   

Apenas perceba, o que é possível fazer

para consertar essa situação e faça.

Se você sente culpa, perdoe-se.

E, principalmente, compreenda que agiu assim porque,

na ocasião, era o que achava melhor fazer.

Há uma história de que gosto muito:

um pescador chegou à praia de madrugada para o trabalho e encontrou um saquinho cheio de pedras. 

Ainda no escuro começou a jogar as pedras no mar.

Enquanto fazia isso, o dia foi clareando até que,

ao se preparar para jogar a última pedra,

percebeu que era preciosa!

Ficou arrependido e comentou o incidente com um amigo que lhe disse:

– Realmente, seria melhor se você prestasse mais atenção no que faz, mas ainda bem que sobrou a última pedra!

Existem pessoas que não prestam atenção no que fazem e depois passam a vida inteira arrependidas pelo que não fizeram, mas poderiam ter feito, e se martirizam por seus erros.

Se você está agindo assim, deixo-lhe uma mensagem especial:

não gaste seu tempo com remorsos nem arrependimentos. 

Reconheça o erro que cometeu,

Peça desculpas e continue sua vida.

Você ainda tem muitas pedras preciosas no coração:

Muitos momentos lindos para viver

E muitos erros para cometer.

Aproveite as oportunidades e curta plenamente a vida.

Curta os passarinhos.  

Eles são os presentes do universo para você!

 

 
 
TENHA UM LINDO DIA!!

 

Extraido de Roberto Shinyashiki – “ A última pedra”

 

 

Voz do vento...

publicado por Voz do vento às 14:25 | comentar | favorito
sinto-me: Serpendiando o tempo...
música: Frank Sinatra - My Way
08
Fev 09

Viver o Agora - Parte II

 

Subscrevo as palavras que transcrevi, na verdade só o tempo nos ajudará a visualizar a dor e a resgatar-nos do passado. Cada momento da nossa vida não é ao acaso, tem sentido e terá de uma maneira ou de outra acontecer. Por mais que nos tentemos enganar ou fugir aos acontecimentos, num dado momento e numa breve distracção, os acontecimentos surgem.

Porquê, a nossa mente tagarela questiona num momento de fúria, trespassado pela dor, porquê?

Sem resposta, confusos, doridos e feridos, não conseguimos ver e apreender que na verdade o nosso crescimento espiritual dependerá da força interior de acolheremos cada momento vivido na nossa vida terrena para evoluirmos como um SER UNO.

É certo que cada passagem deixam-nos marcas para todo o sempre, não conseguiremos apagar, faram parte da nossa vida, da nossa história mas, poderemos aperceber que sem aquele difícil acontecimento não teríamos ultrapassado a questão, a divergência e evoluirmos para um novo patamar do nosso crescimento pessoal. E não sucedeu convosco ou com alguém próximo, amigo ou conhecido que vivem meio perdidos no passado, emaranhados do tempo do que poderia ter sido a sua vida, e aquilo que acontece e o outro. Quantos vivem ainda de recordações e de sonhos não realizados, fustigando todos os que estão por perto pela sua frustração de não terem tido sucesso no momento, lembrando diariamente das derrotas e dos fracassos como se fossem cicatrizes de guerra embrenhados no seu EU.E revivendo as poucas vitórias de outrora como se isso fosse o seu melhor.

Ou em alternativa, projectando no seu futuro a paz e o confronto como se para tal lhe bastasse qualquer coisa que há-de alcançar: “Quando eu conseguir isto ou aquilo, então ficarei bem! Quando tiver a minha casa, ou o meu carro, aí vou conseguir, porque já terei condições”.

Deixam-se de viver o AGORA, estão embrenhados no passado, tal como a expressão é passado, nada mudará o que já aconteceu. Vivem do ego, alimentá-los constantemente da dor, da frustração, do medo, e não vivem intensamente o PRESENTE. Este é o seu agora. Não viver saudosamente do passado ou com a lembrança que o amanhã será diferente mas o presente. É uma dádiva, estarmos presentes como o nosso AGORA.

Quantos tentaram livrar-se de um vício comum ou mau - hábito, de dizer “Amanhã é que vai ser! Amanhã começo mesmo! A sério!” ou -pior ainda - “Sempre fui assim… Jamais me vou endireitar…”. Até ao dia em que uma ‘voz’ no fundo de ti diz: “Porque não paras já?! Porque não começas agora?! Tu queres a Paz Agora, ou amanhã?”
No dia e hora em que se toma a consciência de que o único momento que existe é o Presente, o Eterno Agora, revela-se uma realidade superior, divina, transcendente. Começa uma nova faceta da nossa caminhada em direcção à expansão espiritual.

O único momento que existe é o agora. O passado e o futuro são os apoios do ego. Por isso não se pode estar no presente, enquanto nos identificarmos com a mente. Iluminação significa elevar-se além do pensamento. Viver no AGORA.
Acordemos então para o único momento que existe, o presente.

Por que espera? Agora é o momento!

Voz do vento...

Parte II

 

 

publicado por Voz do vento às 13:39 | comentar | favorito
música: Meditando com o silêncio...

Viver o Agora - Parte I

 

Tudo na nossa vida nos pertence  por Cristina Candeias

 

 

Se atraímos tudo na nossa vida, desde que respiramos pela primeira vez, a nossa família, a raça, o país, as condições socio-económicas, onde somos criados e educados, nada é ao acaso. Então, tudo é Kármico. Quando se fala de Karma, geralmente, pensa-se, logo, em algo de mau, de errado, em dor e sofrimento.

Temos de dividir o Karma em dois pólos, o bom e o menos bom. O Karma, que atraímos através da dor e do sofrimento, é resgate que trazemos do passado. São acertos, hoje, de tempos longínquos, pois existem determinadas pedras que temos de pisar; mas, devemos e podemos ver todas as pessoas que nos trazem a dor, os nossos inimigos, como os grandes mestres da nossa Evolução, do nosso crescimento de Alma. Sem eles, todo o nosso processo ficava estagnado. Temos de aprender a tirar as lições da vida, a simplificar e valorizar, pois tudo o que nos acontece tem algo de bom. Claro, no momento do conflito, no momento da dor, o Ser não tem a lucidez para perceber o porquê. Só o tempo traz a calma e a pacificação. Nesse momento, percebemos o porquê, aceitamos e subimos um degrau na Luz. Então, estamos em condições de perceber que a passagem de certas pessoas, na nossa vida, foi muito útil e importante, mesmo que nos tenha trazido dor, desilusão ou perdas.

 



O karma positivo é tudo o que de bom acontece na nossa vida. Também atraímos situações boas porque as merecemos! Nada nem ninguém se cruza na nossa vida, ao acaso! Devemos estar atentos às coincidências, pois dão-nos muita sabedoria - tudo faz parte de um todo.


Voz do vento…

Parte I

 

publicado por Voz do vento às 13:38 | comentar | favorito
música: Meditando com o silêncio...
04
Jan 09

Novo Ano - Novas tácticas para toda a vida

Instruções para a Vida

 

Sugestões de bem viver.

 

  • Dê mais às pessoas do que elas esperam receber e faça-o com alegria.
  • Decore o seu poema favorito.
  • Não acredite em tudo o que ouve, gaste tudo o que tem e durma tanto quanto quiser.
  • Quando disser "Amo-te!" Seja verdadeiro.
  • Quando disser "Sinto muito!" Seja verdadeiro.
  • Acredite no amor à primeira vista.
  • Nunca se ria dos sonhos dos outros.
  • Em desentendimentos, actue de forma justa. Não use palavrões.
  • Não julgue as pessoas pelos seus familiares.
  • Fale devagar, mas pense rápido.
  • Telefone à sua mãe.
  • Quando se der conta de que cometeu um erro, tome as providências necessárias.
  • Não deixe uma pequena disputa estragar uma grande amizade.
  • Lembre-se dos 3 R's: Respeito por si próprio, Respeito pelo próximo e Responsabilidade pelas suas acções.
  • Sorria ao atender o telefone. A pessoa que estiver a ligar ouvirá isso na sua voz.
  • Passe mais tempo sozinho.
  • Abra os seus braços para as mudanças, não abra mão dos seus valores.
  • Lembre-se de que às vezes o silêncio é a melhor resposta.
  • Viva uma vida boa e honrada. Assim quando ficar mais velho e olhar para trás vai aproveitá-la mais uma vez.
  • Confie em Deus, mas tranque o carro.
  • Uma atmosfera de amor em sua casa é muito importante. Faça tudo o que puder para criar um lar tranquilo e harmonioso.
  • Em conflitos com entes queridos, mencione a situação actual. Não fale do passado.
  • Partilhe o seu conhecimento e experiência. É uma forma de alcançar a imortalidade.
  • Seja gentil e amoroso com o Planeta.
  • Reze. Há um poder incomensurável nisso.
  • Nunca interrompa quando estiver a ser elogiado.
  • Cuide da sua própria vida.
  • Não confie em quem não fecha os olhos quando beija.
  • Uma vez por ano vá algum lugar onde nunca esteve antes.
  • Se estiver a ganhar muito dinheiro, coloque-o ao serviço da ajuda aos outros enquanto for vivo. Esta é a melhor satisfação da riqueza.
  • Lembre-se que por vezes não conseguir algo que se deseja muito é um golpe de sorte.
  • Aprenda as regras e quebre algumas.
  • Lembre-se que o seu carácter é o seu destino.
  • Lembre-se que o tempo da espera é o tempo de frutos novos.
  • Viva um dia de cada vez.
  • Nunca deixe escapar a oportunidade de dizer a alguém o quanto o ama.
  • Leve na memória, para o resto da sua vida, as coisas boas que surgiram das dificuldades.
  • Se cair no abismo com águas escuras e profundas, saiba que o que afoga alguém não é o mergulho, mas o facto de permanecer debaixo de água.
  • Tenha um sonho na vida. Se não tiver, como vai poder realizá-lo?
  • Lembre-se, a Vida não tira, apenas muda a forma de dar.


Voz do vento ....

 

publicado por Voz do vento às 00:35 | comentar | favorito
tags:
música: Alejandro Sanz - Y, Esi fuera ella
29
Dez 08

Amor, sentimento que nos enlouquece

 

O amor, tanto se escreve sobre este sentimento que poderá dar-nos as maiores alegrias, vivenciarmos a magia nele contido, preparar com a coragem de vencer um dia de cada de vez mas porém, há porém um senão:
Ninguém é de ninguém, quem imaginar que poderemos amar incondicionalmente alguém que nos pertencerá, mentira é um engano. Num momento estaremos a contemplar a magia do amor que nos envolve numa pureza de momentos e de um momento para o outro,  tudo se evapora. Sentimos totalmente perdidos, a naufragar em pleno oceano sem horizontes sem um raio de sol. Perdidos, a sabor da maresia  a turvar o nosso olhar.
Amor, sentimento que nos enlouquece, que nos aquece nas manhãs frias de Janeiro, Amor escaldante. No momento que,  esse amor divino nos acontece, uma vez na vida do qual consideramos o nosso Amor verdadeiro, é só uma única vez nas nossas vidas, não tem um botão “replay” para nos acontecer quando nos apetece. Na verdade poderá surgir para uma temporada, num propósito que nos fazer crescer, e depois poderá desaparecer num dia de nevoeiro. Outras vezes, surgirá numa estação para voltar a renascermos para a beleza da vida, voa no fim da época como uma andorinha que por aqui, passou. Sendo que acabaremos, por passar um bom momento, acharemos ser a personagem principal de uma história que esperamos não ter fim.
Amor, palavra expressada por tantos poetas, por cantores, por pseudo-apaixonados ou por palavra por palavra, nunca saberão quem somos e o que dizemos é verdadeiramente sentido no nosso interior. Só o tempo, sempre nos dirá, será o nosso amigo do aconchego das nossas lágrimas, só o tempo nos observará as nossas alegrias e o nosso encanto, só o tempo nos fará olhar com outros olhos, aqueles mesmos olhos que outrora, embelecia e agora escorrem lágrimas de grande mágoa. Só o tempo revelará o verdadeiro momento e a razão dos acontecimentos.
Mas não amamos por amar, sentimos apaixonados, deliramos o momento, vivemos livremente sem qualquer barreira e abertamente sem temermos de nos ferir, sentimos saudades da ausência, acreditamos que no amor não iremos sentir dor,... mas é pura mentira. Choramos pela sua perda, tentamos mais uma vez acreditar que no Amor não iremos sentir qualquer dor... ilusão.
Amar é uma entrega absoluta sem qualquer barreira, mesmo que nos magoem, que nos desfiram, que não seja o que pensávamos que seria… amar é uma dádiva e não um receber o que quer que seja, dando-nos para além de nós próprios mesmo que isso signifique perder alguma coisa… amar pode ser a perda de nós mesmos em prol de alguém que precise mais do que eu próprio preciso e pode significar, portanto, dor, lágrima, choro, tristeza, amargura, infelicidade, desespero, quiçá até mesmo desamor… amar não é sorrir e dizer: Que bom, amei verdadeiramente! … E permitir esse alguém possa seguir o seu novo rumo, o seu novo caminho mesmo que não se cruze com o nosso. Amar é deixar partir sem amarrar, de forma que se tiver que seguir que o possa fazer, livremente. Amar é uma descoberta por descobrir num labirinto de emoções, amar é saber querer amar…
Voz do vento...
publicado por Voz do vento às 23:52 | comentar | favorito
sinto-me: Melancolica
música: João Pedro Pais - Mentira
19
Out 08

É possível

 

Se me vires cansado… fora do caminho

Quase sem forças para andar:

Se me vires a achar que a vida é difícil

Porque já não posso, porque já não vou em frente,

Vem-me lembrar como é o inicio,

Vem-me desafiar com o teu desafio

 

Move-me a alma,

Devolve-me o impulso

Conduz-me a mim mesmo.

 

Eu saberei acender a minha lâmpada

Na escuridão, no vento frio,

Voltarei a ser fogo a partir de brasas quietas,

Que acenda e reviva o meu andar peregrino.

Volta a sussurrar-me aquela ordem

Desde o primeiro passo para um princípio.

 

Mostra-me a garra necessária

Para eu me levantar do chão.

 

Se me vires cansado, fora do caminho

Sem ver mais espaços que os dos abismos,

Lembra à minha memória que também há pontes,

Que também há alas, que ainda não vimos.

 

Devemos seguir armados de fé e de bravura,

E seremos sempre aquilo em que acreditamos.

Que somos guerreiros da vida plena,

Que tudo nos guia para o nosso lugar,

Que num primeiro passo, e num novo empenho,

Nos conduz de modo a não sermos vencidos.

 

Que a árvore dobre,

Se agite, estremeça, perca as folhas e torne a brotar,

Mas permaneça erguida,

Porque o único trecho que está mais à frente

É aquele que cobre o nosso pé estendido.

 

Se me vires cansado, fora do caminho,

Solitário e triste, quebrado e ferido,

Senta-te do meu lado, tomas as minhas mãos,

Entra pelos meus olhos até ao meu esconderijo…

E diz-me … é possível! E insiste, é possível!

Até que eu entenda que posso.

 

Que a tua voz desperte, a partir da tua certeza,

O que pelo cansaço ficou adormecido.

E talvez, se quiseres, empresta-me os teus braços

Para incorporar-me, novo e decidido.

Porque a união é triunfo

Quando seguirmos ombro a ombro

Com o mesmo brio.

 

Se me vires cansado, fora do caminho

Leva o meu olhar para o teu caminho.

Faz-me ver as pegadas, que lá estão marcadas,

Um passo atrás de outro por onde vieste.

 

E virá contigo uma madrugada,

A voz insistente para um novo começo,

Que abrirá outro rumo porque…

Sim, eu acreditarei! Que é sempre possível…

É possível…

 

Voz do vento ...

 

 

 

publicado por Voz do vento às 17:51 | comentar | favorito
sinto-me: Com coragem
música: Please forgive me - Bryan Adams
11
Out 08

A mensagem do filme O Segredo (The Secret)

 

 

A Verdade absoluta é de que o "EU" é perfeito e completo, o verdadeiro EU é espiritual  e não pode, ser menos que perfeito; nunca pode ter uma falha, limitação ou doença.

 

                                                            in Charles Haanel

 

São palavras poderosas , se cada ser humano conseguisse vizualizar e permitir que o seu Eu fosse feliz por cada momento, por cada experiência vivida, pela oportunidade que temos de simplesmente viver.

 

A nossa essência reside da nossa energia emanada para o Universo, nada a fará mudar. Somos os criadores do nosso próprio destino. Estará sempre ao nosso alcance a diferença de mudarmos o rumo das nossas vidas.

 

Esquecermos o nosso passado, as dificuldades pelo que passamos, as imposições e preconceitos culturais e sociais.

Seremos sempre os únicos que poderemos criar a vida que queremos.

 

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 20:34 | comentar | ver comentários (1) | favorito
música: Shania Twain - From this moment ...
05
Out 08

Amar ...

 
“…amo desde o momento que quero amar até ao momento em que decido não amar… para amar é preciso querer amar como quem tem frio e quer calor ou como quem está cansado e quer descansar… tão simples quanto isso: é apenas um acto de exercício de um querer… não amamos por amar ou porque fomos aprender a amar como quem vai aprender uma nova disciplina; só se aprende uma nova ciência desde que se queira aprender; é preciso querer aprender; ninguém é obrigado a amar como ninguém é obrigado a não amar ou até mesmo a odiar… para amarmos é preciso que se queira amar: dizer mesmo – eu quero – e sentirmos que esse é um querer simples e sem artifícios… amar é uma entrega absoluta sem qualquer barreira, mesmo que magoe, que fira, que não seja o que pensávamos que seria… amar é uma dádiva e não um receber o que quer que seja, dando-nos para além de nós próprios mesmo que isso signifique perder alguma coisa… amar pode ser a perda de nós mesmos em prol de alguém que precise mais de mim do que eu próprio preciso e pode significar, portanto, dor, lágrima, choro, tristeza, amargura, infelicidade, desespero, quiçá até mesmo desamor… amar não é sorrir e dizer: Que bom, amo!… amar é dizer eu estou aí em ti e não em mim… amar é olhar para mim e sentir que só faço falta a ti e que me sobro a mim próprio… amar é tão simplesmente isso: querer estar naquele que precisa de mim mesmo que isso queira dizer que me perca, que deixo de ser o que sou ou o que gostaria de ser, mesmo que signifique a dor e a perda que tanto abomino e não desejo… para amar basta apenas querer amar… e a lágrima escorre pela minha face e a dor é forte mas, eu quero amar!…”
                                                                                    in    (Joaquim Nogueira)
Voz do vento ...
publicado por Voz do vento às 17:02 | comentar | favorito
tags:

Teremos de cuidar da nossa "bagagem"

 

 

 

 

Todos nós somos "viajantes". Todos nós temos um "bilhete" de ida e de volta. Todos nós teremos de cuidar da nossa "bagagem", cuidando bem dela. Que nada falte no momento de apanharmos o "comboio", que nunca falta, na hora certa, para vir buscar o seu "passageiro".

E como acontece neste mundo-escola, em que os distraídos vão fazer uma viagem e ficam aborrecidos ao chegarem à localidade, ao abrirem a sua mala e verificarem que nela falta algo de valor, que não vos suceda o mesmo ao chegarem ao fim da "viagem", verificando que algo de valor nos esquecemos de trazer. E eis que é necessário, é chegado o momento que todos têm de estar preparados, para que nessa "viagem" - que o "comboio" chega sempre à hora certa - tragam tudo na vossa "bagagem". Que nada vos faça arrepender de algo valioso terem-se esquecido.

 

 

 

 

 

                                                                          Francisco M'gonhé da Silva

                                                                                           1887-1959

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 15:50 | comentar | ver comentários (2) | favorito
24
Set 08

MAS P'RA VIDA HÁ SÓ UMA

lá longe, muito longe
onde o tempo não congela
criou em tempos, um monge
a criatura mais bela

sorte a sua o monge audaz
que ao ouvir o seu chorar
sem hesitar foi capaz
de ir a tempo de a salvar

de criança a mulher
do choro ao sorriso doce
comeu o tempo á colher
não perdeu gota que fosse

deslumbrou reis e plebeus
foi-se dando de mansinho
por não acreditar mais em Deus
que nas pedras do caminho

fez de um plano de vingança
um sonho envenenado
afastou-se da esperança
de um futuro desenhado

com a espada da sedução
e o escudo da maldade
afogou a sensação
de viver em liberdade

casou com um rei mentiroso
que reinava em Lisboa
seduziu-a,o ardiloso
n'um tasco da Madragoa

trouxe sonhos e vontade
contou historias de encantar
escondeu-lhe a velha verdade
que não sabia contar

mas a mulher na cegueira
de beleza atrofiante
não viu que a choradeira
era um espinho no instante

deu por si em pensão reles
perdida na barafunda
no guarda-roupa,as peles
e camisas de segunda

deixou-se ir na ilusão
de ser rainha da rua
entregou-se á sensação
que mantinha a alma crua

e assim passou o tempo
mais manso que um cordeiro
injectou-lhe o desalento
p'ra seu fiel companheiro

desce a princesa a calçada
com o fardo dessas mágoas
que a terra não sabe a nada
envolvida em quatro tábuas

e o tal rei..,coitado!
há já muito pereceu
é só um corpo deitado
á procura de um céu

não é bela a sua história
como o rico merecia
mas é real a memória
que traçou a sua via

não fosse o querer desmesurado
com que o coração nos engana
talvez tivesse acordado
no conforto de outra cama

por isso te digo mulher
tu que queres a liberdade
que a crueldade é um escolher
e não a triste verdade

não sejas um muro hirto
que transcende a emancipação
e resolve o conflito
que trazes no coração

e no fim..,quando acordares
verás no meio da bruma
que mulheres há aos milhares
MAS P'RA VIDA HÁ SÓ UMA!

 

Autor: C!RANO (...um cozinheiro de emoções)

 

 

 

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:24 | comentar | favorito
14
Set 08

Fica proibido ...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fica proibido chorares sem aprender,

Levantares um dia sem saber o que fazer,

Ter medo das tuas lembranças.


Fica proibido não sorrires para os problemas,

não lutar pelo que queres,

abandonar tudo por medo,

não transformares os teus sonhos em realidade.


Fica proibido não demonstrares o teu amor,

fazer com que alguém arque com as tuas dívidas e o teu mau humor.


Fica proibido deixares os teus amigos,

não tentar compreender o que viveram juntos,

telefonar-lhes só quando precises deles.


Fica proibido não seres tu mesmo diante das pessoas,

fingir diante daqueles que não te importares,

fazer-te de interessante para que se lembrem de ti,

esquecer todos que te querem bem.


Fica proibido não fazeres as coisas por ti mesmo,

não acreditar em Deus e fazer o teu destino,

ter medo da vida e dos seus compromissos,

não viver cada dia como se fosses o último.


Fica proibido sentires falta de alguém sem alegraste,

esquecer os seus olhos, o seu riso,

tudo porque os seus caminhos deixaram de se cruzar,

esquecer o teu passado e satisfazer-te com o teu presente.


Fica proibido de não tentar compreender as pessoas,

pensar que as suas vidas valem mais que a tua,

não saberes que cada um tem o seu caminho e a tua sorte.


Fica proibido não criares a tua história,

deixar de agradecer a Deus pela tua vida,

não ter um momento para as pessoas que precisam de ti,

não compreender que o que a vida te dá,

também te tira:


Fica proibido não procurares a tua felicidade,

não viver a tua vida com uma atitude positiva,

não pensar que podemos ser melhores;

não sentir que sem ti este mundo não seria igual.


                                                       in Paulo Neruda

 

 

 

Voz do vento ...

 

publicado por Voz do vento às 21:41 | comentar | favorito
02
Set 08

Fala-me de amor...

 

Numa brisa de manhã de Agosto, pára no tempo e revê o tempo de outrora que não volta. Não quer que volte mais. Sonho de uma mulher - criança que idealizou sonhos, amor incondicional, um companheiro para a vida inteira. Sonhos atraiçoados, tristeza amarga, promessas quebradas. E o porquê que paira. A mente que tagarela o pensamento, incriminando-a por algo que não correu bem. Supõe  que é a culpada. Cria em si, a culpa pelo facto de não ter corrido bem os sonhos tal como idealizou. E nesse precioso momento, deverá parar com tais pensamentos que perturbam e que a leva à loucura.

 

A frustração e a insegurança tomam os seus lugares como reis do tempo. O medo da solidão chega, logo a seguir fica petrificada no tempo que pára à sua passagem. Adormece na dor, na mágoa, sente-se que nada valeu e apenas é uma pessoa ingrata porque não aproveitou a oportunidade de ter um companheiro ao seu lado. Companheiro que dedicou todo o seu tempo, os sonhos que adiou, os projectos que abdicou.

 

Foi e era a personagem principal e acreditava que foi ela que simplesmente, falhou!

 

Estará cega, não se ouviu a si própria, o chamamento da dor, esqueceu daquelas noites longas de tortura com palavras quando não concordava com a situação do momento com a imposição de conceitos e preconceitos. A tortura dos sentidos com as palavras " senão, então será assim e assim..."

Viver na ilusão de ser correspondida ou de ser amada é viver sem nada porque a sensação é a mesma. Vazio.

 

Quem foi essa pessoa escolhida foi alguém que no momento surgiu para a fazer sair do "casulo" da inocência. Alguém que na sua inocência acreditou nas  palavras " trabalhadas e melodiosas" e considerou como sábias.

Alguém que o colocará num pedestal em primazia ao seu próprio SER.

 

Desrespeitou a si própria por aquele alguém, abdicando da sua profissão seja qual fosse a que queira ter seguido para esse alguém ser um profissional liberal de renome, reconhecido entre os seus pares com estatuto alcançado e ela ficou na sombra de algo que acreditava ser incapaz de encarnar. Era o braço direito, a força e a luz na escuridão desse alguém.

 

Os anos passaram a largos passos até aperceber-se que ficou para trás, a gestão da casa, a educação dos filhos, a imagem da perfeição no papel que a  sociedade idealizou para essa mulher será sempre na sombra de um companheiro.

E depois, o tempo passou, os sonhos ficaram como sempre foram - SONHOS porque não os concretizou sempre com a expressão - " Outro dia, irei ver ou saber como poderei fazer!!", "quando tiver condições, agora não, tenho os filhos pequenos, tenho que o ajudar"..

 

 

E desta forma domesticou o seu pensamento, adiando com o sentido do dever a cumprir e a obrigação de agradar esse alguém. Para quê?

Será que esse alguém que tanto teve em consideração que o colocou no pedestal da sociedade, o mereceu.

Acima de tudo a vida é uma aprendizagem e o SER humano deverá ter a capacidade de analisar cada momento da passagem  e esse momento da verdade chegará, mais dia ou menos dia.

Poderá ser da forma que menos esperamos, abruptamente irrompe na sua vida e de forma surreal. E esse alguém cai no pedestal que lhe foi atribuído sem o merecer. Quem o colocou naquele lugar, foi ela. Foi ela que menosprezou o seu EU e achou que não era capacitada para estar no papel principal da sua própria vida. Não era digna de ser a pessoa principal da sua própria vida, como foi capaz de fazer isso a si própria. Mas fê-lo durante muitos anos, viveu adorar uma personagem que com subtileza a manipulava o seu SER e a abafava com as palavras sem qualquer sentimentos como o apelo constante ao amor.

 

Será que existiu tal amor de tal forma como o retribui-o. Expectativas muito elevadas e desfraldadas mas porque será que a consciência feminina adultera os sentimentos  e com o tempo verificará que sempre haverá uma razão para a qual não queremos ver . Queremos continuar acreditar que é um sonho que os momentos difíceis serão passageiros que as divergências ultrapassadas e a vida continuará. Volta a enganar-se a sua intuição, a desvalorizar as suas capacidades, a menosprezar o seu EU porque foi educada para agradar e não reclamar. No momento que caminha para o fundo do precipício , sozinha em que todos aqueles que a rodeiam desviam o olhar, não há um estender de uma mão de amparo. Só a escuridão à sua volta.

Para erguer-se em princípio entrará na escuridão, na dor, na angústia de momentos difíceis até conseguir ver, novamente, a luz que a ilumina. Poderá demorar muito tempo.

 

A ausência da paz interior, a auto - estima baixa, o deixar de gostar de si própria, os pensamentos negativos destrutivos apoderam-se dela. Não consegue estabelecer os limites para a sua liberdade. Amar alguém  não significa que tenha que anular-se como ser humano e dar o privilégio ao outro. Amar não significa mergulhar na escuridão para a felicidade do outro. Amar é uma partilha  de dar e receber entre dois seres. Numa relação emocional a partilha tem que ser simultânea e repartida para ambos os lados. Não poderá existir um só lado a batalhar unilateralmente para a sobrevivência da relação. Não resultará.

 

Haverá sempre uma altura em que tudo desmoronará e sentirá uma enorme frustração. A frustração apodera de si e seguir vêm a mágoa, a dor, o ódio e não conseguirá perdoar de forma a libertar o seu SER. Mergulha sem conseguir recuar nessa escuridão sem fim e deverá continuar em frente é uma voz interior que sussurra. Mas como o farei?

Sentirá perdida num vazio que se apodera do corpo, da mente, sentirá debilitada física e psicologicamente. Acredita que não voltará a ser a mesma. Sente a desorientação atormentar-la. Não vê a luz ao fundo do túnel nem  uma porta abrir-se para acolhê-la.

Mergulha em cada degrau que a levará ao precipício.

E agora? O que farei?

 

Questões que a mente atormenta e que não dá qualquer resposta. Valeu a pena tanta dedicação para ficar num fargalho. Valeu a pena tanta abdicação para tão pouco ou nenhum reconhecimento ou até agradecimento.

Tal como se afirma " partiu a cara"- A queda é imediata e destrói tudo à sua volta.

A reconstrução do seu SER, a sua reabilitação é demorada, deve-se principalmente, ao crescimento de cada um perante as adversidades e as contrariedades apresentadas. Ser capaz de perante os erros e as falhas cometidas saber tirar o partido e olhar como se nova oportunidade se tratasse para permitir o crescimento e amadurecimento pessoal e espiritual.

É uma passagem que a  cada um será permitido o fortalecimento do SER que somos, a demonstração da tenacidade, a coragem que a persistência na luta ou  permitir a derrota da vida e deixarmos ser vencidos e abolirmos como vítimas perante as circunstâncias da vida. A escolha é nossa. A cada um de nós caberá o livre arbítrio da nossa salvação ou condenação.

Somos aquilo que queremos acreditar em ser. Como se a nossa passagem reflectisse na procura constante da perfeição. É uma verdade, todo o ser humano procura a perfeição, a felicidade, o estatuto privilegiada, algo perfeito, a satisfação plena.  A perfeição adquirida ao longo da vida, aos momentos áureos e às quedas que com sabedoria nos permitirá crescer e amadurecer como seres.

 

 

 

FALA-ME DE AMOR

Acabei por ter
um fraco por ti.
Que foi como veio,
e eu não percebi...

Pergunto como está,
a velha certeza:
-será que tu sabes, o que correu mal?

-É que hoje eu já sabia dizer:
Ama-me
Leva-me,
para lá, do meu horizonte
-Falando de amor...
-Fala-me de amor...

Segue-me, prende-me,
Para lá, do meu horizonte
-Falando de amor...
-Fala-me de amor...

Quero-te dizer,
que ainda estou aqui;
Todo o tempo á espera
de ti.

Quero-te alcançar,
e estou a pedir,
para ser como era,
quando te conheci...

 

letra de SANTOS E PECADORES

 

 

Voz do vento...

publicado por Voz do vento às 21:46 | comentar | ver comentários (3) | favorito
tags:
sinto-me: Mergulhada no passado
música: Fala-me de amor - Santos e Pecadores
15
Ago 08

Atitude positiva...

 

Passo que poderemos mudar nas nossas vidas. Passos esses que poderão fazer toda a diferença quando queremos com a força do nosso SER.

 

Ser felizes.

 

Seremos capazes de impor a nós próprios a capacidade de sermos felizes como pessoa, termos a capacidade de manter o nosso pensamento positivo para combatermos as dificuldades quotidianas. Cada dia da nossa vida vivemos a desmoronar-nos porque os nossos ideais, os nossos sonhos não aconteceram como queríamos.

Poderemos adoptar uma nova postura perante nós próprias, aprendermos a ser felizes:

 

Não há uma receita que possamos seguir que nos indicará quais os ingredientes para a felicidade.

Mas poderemos ajudar-nos aplicando alguns princípios da Psicologia positiva que nos orientará qual o melhor caminho para sermos felizes.

 

  1. Promover as emoções positivas

 

As emoções positivas têm um enorme poder sobre a felicidade. Permite-nos criar maior resistência perante adversidade de tal forma que perante uma crise votarmos a nosso estado de positividade.

Se pensarmos no momento em aspectos positivos da nossa vida, desta forma, indo contra o pensamento negativo que se apodera na nossa mente naquele momento, conseguiremos desconstruindo-o.

De outra maneira para que possamos construir emoções positivas devemos tomar qualquer que seja as decisões importantes a tomar num local confrontável, onde estejamos bem sentadas. Com música adequada, sol e em boa companhia. Caso contrário, encontraremos uma solução bem diferente.

 

  1. Enfrentar o medo

 

Tal como já referir, o medo é o nosso maior obstáculo para a felicidade. Traduz-se de várias formas:

 - Receio de não ser suficientemente boa, de não ser capaz, de não conseguir…

As pessoas felizes têm a coragem de cometer os erros, de arriscar e serem mal sucedidas.

 

  1. Saber gerir o perfeccionismo

 

Procurar a perfeição tem o seu lado positivo porque funciona como um catalizador da energia. Mas, não deveremos esquecer que a perfeição pode ser uma armadilha, quando a mesma nos fará afastar sucessivamente da realização de uma tarefa com receio de falharmos.

As pessoas felizes afastam deste ideal porque tem consciência que é apenas ilusória a sensação de segurança que nos permite sentir. E na realidade é uns dos principais inimigos da auto-estima.

  

  1. Registar as nossas emoções num diário

 

Importante conseguirmos passar para o papel as nossas emoções positivas e negativas, estimulará os níveis de saúde física e mental. Sem receios com erros de ortografia, simplesmente escrever para si própria. Ser a mais honesta consigo própria.

 

  1. Tirar o partido do trabalho

 

Para sermos felizes precisamos de trabalhar. Teremos mais experiências positivas no trabalho que fora dele. Enquanto se dedicam a uma tarefa na qual acreditam, tirará partido da sua execução e não do resultado final.

E conseguem um melhor desempenho.

Deverá questionar a si própria o seguinte: “Sou feliz no meu trabalho? Posso ser mais feliz fazendo outra coisa?” E sendo assim, procure o emprego desejado, não ficando à espera que “caía nas suas mãos”, Procure a mudança. Mas lembre-se que é preciso coragem, mas a coragem não é deixar de ter medo, é agir apesar do medo.

 

  1. Traçar metas

 

Traçar metas é imperativo para uma vida feliz. E quem as crias tem a maior probabilidade de alcançar o êxito. Como tal quando traçamos as metas, afirmamos para connosco que somos capazes de ultrapassar os obstáculos. E para que as metas possam contribuir para a nossa felicidade deveremos ser auto-concordantes. Traçar metas como objectivos que queremos alcançar e não coisas que devemos fazer.

 

 

  1. Encontramos a nossa vocação

 

Vivermos o trabalho como uma vocação significará que desempenhamos as funções a que damos significado. Ao fazê-lo sentirá a alegria que acabará por contagiar o seu estilo de vida. Não interessa o tipo de trabalho, o importante é que tenha a ver consigo e a faça sentir-se viva e com um objectivo.

 

  1. Passar pouco tempo sozinho

 

Cultivar as amizades. Procuram ligações profundas e duradouras.

 

  1. Ter um bom relacionamento

 

Ter um companheiro faz bem à nossa felicidade. Ter alguém ao nosso lado com quem possamos partilhar a nossa vida. Estará na altura de avaliar a sua relação e se está a dar o máximo. E a receber, também.

 

  1. Ser mais espiritual

 

As pessoas com convicções espirituais são mais felizes e saudáveis que as pessoais mais materialistas.

Os crentes têm a tensão arterial mais baixa, menor risco de acidente vascular cerebral e melhor sistema imunitário. Também tem menos problemas com o álcool, drogas e doenças mentais. E a referencia à espiritualidade não deve-se a fanatismos religioso mas, a convicção de pertença a um universo e à prática de yoga, meditação e outros.

 

  1. Fugir das más relações

 

O medo de mudar e a incerteza do que vire depois, leva muitas vezes as pessoas a manter uma relação em que são maltratadas, violentadas e subjugadas. O medo apodera-se e aprisiona-nos. As pessoas felizes não têm medo de ficar sozinhas porque nunca se abandonam. Tem-se a elas como companhia.

 

  1.  Ter dinheiro Q.B.

 

O dinheiro não é significado de felicidade. A felicidade não é o resultado de ter tudo mas de se apreciar o processo constante de realização.

 

  1.  Saber dizer NÂO

 

Gostar de agradar. OU ter a necessidade de dizer um não e acabamos por dizer um sim em sua substituição. Ao fazê-lo está a retirar a energia à sua auto-estima. Está a agradar aos outros quando na realidade deveria agradar a si própria. As pessoas felizes agem em seu próprio interesse, fazendo aquilo que só nós podemos fazer por nós próprios.

 

  1.  Ter tempo para si

 

Aprender a gerir o tempo é fulcral. Ter tempo para si própria é essencial. Saber estabelecer prioridades. Maior estratégia de gestão do seu tempo é fazer uma lista para o dia seguinte. Optimizar o seu tempo.

 

  1.  Ser optimistas

 

A atitude tem um maior impacto na qualidade das nossas vidas. Ter a capacidade de reagir bem quando os problemas surgem. Acreditar que as coisas vão correr bem. Fuja das pessoas pessimistas. Procure amigos com energia positiva com bom humor e que faça bem à sua auto-estima. Tenha uma vida preenchida, vá ao cinema, à praia, ao ginásio, faça yoga. Mude aquilo que não gosta na sua vida.

 

  1.  Saber perdoar

 

Ajustar contas com alguém que nos magoou parece legitimo. O problema reside é quem perseguir com o intuito de vingança, normalmente é prejudica quem mais procura do que a pessoa contra quem queremos investir a nossa raiva. È um sentimento negativo. É um desperdiço. A raiva descontrolada é uma emoção nefasta. O segredo é não vitimizar. Não há nada pior do que termos pena de nós próprios. Liberte-se de emoção. Quem perdoa sente alívio.

 

Livro recomendado: "Toma um café contigo mesmo" - WALTER DRESEL 

 

 

Voz do vento ... 

 

publicado por Voz do vento às 10:47 | comentar | favorito
02
Ago 08

Mensagem de grande valor

 

Durante um jantar de uma obra de caridade, O pai de uma criança deficiente mental Apresentou um discurso inesquecível...…

Aqui vai:

Diz-se que Deus tudo faz com perfeição…

 

Onde está a perfeição de Shay, o meu filho?

 

O meu filho não consegue compreender as coisas como as outras crianças. O meu filho não se pode divertir como as outras crianças…

Onde está então a perfeição de Deus?

 

Eu acredito que ao criar uma criança deficiente como o meu filho, a perfeição que procuramos em Deus estará:

 

Na forma como reagimos a esta criança…

Vou contar-vos uma pequena história para justificar a minha proposta.

Uma tarde, Shay e eu andávamos passeando num parque onde se encontravam uns rapazes a jogar Base-Ball. 

 

Shay virou-se para mim e perguntou: 

« Pai, achas que eles me deixam jogar? ».

 

Eu sabia que Shay não era propriamente o género de parceiro que os rapazes normalmente procuram, mas mesmo assim ainda tive esperança que deixassem o Shay « fazer uma perninha »...

Assim, perguntei a um dos jogadores em campo se seria possível deixar o Shay participar só um pouco…

O jogador reflectiu um bocadinho e disse: 

« Estamos a perder por seis pontos e vamos na oitava mão, portanto acho que ele pode entrar na equipa porque temos sempre a oportunidade de recuperar na nona volta. »

Shay deu um enorme suspiro! 

Disseram ao Shay para calçar a sua luva e tomar posição. 

Já no fim da oitava mão, a equipa de Shay marcou alguns pontos mas continuou a uma distância de três pontos. 

 No fim da nona mão, a equipa de Shay ganhou ainda um ponto, mas continuou, ainda assim, com um atraso de dois pontos mas ainda dispondo de uma chance de compor a partida…

Para espanto de todos, deram ao Shay o bastão!

Todos sabíamos ser impossível ele ganhar, pois o Shay não fazia ideia de como fazer a batida, nem como direccionar uma bola.

Logo que Shay se colocou na zona de recepção (base), o lançador avançou alguns passos e atirou a bola com toda a suavidade para que Shay conseguisse ao menos tocar-lhe com o bastão.

Shay bateu pesadamente no primeiro lance, mas sem sucesso!

Um dos parceiros veio em sua ajuda e os dois agarraram no bastão, aguardando o próximo lançamento.

O lançador avança de novo e torna a atirar a bola ligeiramente para Shay.

Com o seu equipamento e com a ajuda, Shay bate na bola, mas possibilitando a retoma pelo lançador.  Poderia este ter, facilmente, lançado a bola à primeira base, eliminando Shay e o jogo terminava por aí!  

Mas não! O lançador atirou a bola de tal forma alto que aquela caísse bem longe da base.

Toda a gente desatou a gritar: 

 

« Corre para a base, Shay!

                        Corre para a primeira base !!! »

 

Nunca ele tinha tido a oportunidade de correr para uma primeira base! 

Shay galopou ao longo da linha de fundo, completamente espantado! 

Quando chegou à primeira base, um dos adversários tinha já a bola na mão direita; ele poderia facilmente lançá-la à segunda base, o que de imediato eliminaria o Shay que continuava a correr. Pois, mas ele lançou a bola por cima da terceira base e mais uma vez todos desataram a gritar:

 

« Corre para a segunda!

    Corre para a segunda !!! »

 

Os batedores à frente de Shay aproximam-se da segunda base, o adversário dirige-se para a terceira base e exclama:

 

                        « Corre para a terceira! »

 

Quando Shay passa pela terceira, os jovens das duas equipas começam a gritar:

                                   « Corre o circuito todo, Shay !!! »

Shay completa o circuito, até à zona da recepção

E os jogadores pegam-no em ombros.

Shay é um herói !!!!

Ele acaba de fazer um grande « Slam » e de ganhar o desafio para a sua equipa.

                                     

Nesse dia (lá continuou o seu pai, lavado nas lágrimas que lhe corriam pelos olhos),

« estes 18 rapazes atingiram o seu próprio nível  da perfeição de Deus. »

                                       

Que bela história, direis vós!

 

Será que a devemos contar a toda a gente?

Bizarro …

Reenviamos milhares de idiotices por mail, propagando-as a uma velocidade impressionante, Mas sempre que tentamos enviar mensagens cujo tema implica escolhas de vida, já não é tão fácil fazê-las passar…

Bizarro…

Que se possamos facilmente aceder no ciberespaço a sites pornográficos, obscenos e vulgares quando,no que toca a questões de valores tal já não nos pareça suficientemente interessante….

Bizarro..

que quando reencaminharem esta mensagem (se assim o decidirem) provavelmente não irão enviar a um grande número de pessoas pois não tereis a certeza de conhecer ao certo os seus interesses, nem qual a percepção do porquê do seu envio…

Bizarro…

que estejamos mais preocupados com o que os outros pensam que com a percepção que cada um tem de si próprio!

O paradoxo dos dias de hoje é que:

-Temos paciência para construir grandes edifícios… mas não a paciência suficiente para

 controlar a nossa ira.

-Construímos largas auto estradas…, mas continuamos com pontos de vista estreitos…

-Gastamos muito…, mas damos pouco…

-Habitamos casas cada vez maiores, mas as famílias são cada vez mais pequenas…

-Cada vez mais usufruímos de comodidades e facilidades, mas nunca temos tempo livre…

-Acumulamos montes de diplomas, mas cada vez mais a nossa capacidade lógica falha, e cada vez temos menos discernimento…

-Multiplicamos os haveres, mas diminuímos os nossos valores…

-A ciência permite-nos viver cada vez mais tempo, mas continuamos a dar mais importância à quantidade que à qualidade, e, no fim da linha, a vida continua triste e monótona…

-Realizámos viagens em torno da lua, mas temos alguma dificuldade em atravessar a rua e ajudar um vizinho…

A tecnologia até nos permite reenviar este 

« Diaporama » com uma simplicidade espantosa, mas cabe-nos primeiro decidir da oportunidade de partilhar este texto e os valores que veicula….

                             

 
Texto recebido de uma amiga internauta (o autor não é conhecido)
 
 
Voz do vento ...
 
publicado por Voz do vento às 12:10 | comentar | ver comentários (1) | favorito
tags:
música: Ernesto Cortazar - Sentimental
22
Jul 08

Mulheres

* DAS MULHERES*
 
Quando Deus fez a mulher, já estava a trabalhar há seis dias consecutivos.
Apareceu um anjo que lhe perguntou:
'Deus, porque estás a perder tanto tempo com esta criação?' 
Ao que Deus respondeu:
'Já viste a minha lista de especificações para este projecto? 
Ela tem que ser completamente lavável, mas sem ser de plástico, tem
mais de 200 partes móveis, todas substituíveis, e é capaz de
sobreviver à base de coca-cola light e restos de comida, tem um colo
capaz de segurar em quatro crianças ao mesmo tempo, tem um beijo capaz de curar qualquer coisa desde um arranhão no joelho a um coração ferido e faz isto tudo apenas com duas mãos.' 

O anjo ficou estupefacto com estas especificações.
'Só duas mãos!? Impossível! E esse é apenas o modelo normal?
É muito trabalho só para um dia. É melhor acabares só amanhã.'
 
'Nem pensar', protestou Deus.
'Estou quase a acabar esta criação que me é tão querida. Ela já é
capaz de se curar a si própria quando fica doente e consegue trabalhar 18 horas por dia.'

O anjo aproximou-se e tocou na mulher.
'Mas fizeste-a tão macia e delicada, meu Deus'.
 
'Sim, mas também pode ser muito resistente. Nem fazes ideia o que
ela pode fazer e aguentar.'
 
'E ela vai ser capaz de pensar?' perguntou o anjo.
'Não só é capaz de pensar como é capaz de negociar e convencer'
 
O anjo então reparou num pormenor e tocou na cara da mulher.
'Ups, parece que tens uma fuga neste modelo. Eu disse-te que estavas a tentar fazer demais numa criatura só.'

'Isso não é uma fuga, é uma lágrima.'
'E para que é que isso serve?' perguntou o anjo.
'A lágrima é o seu modo de exprimir alegria, pena, dor, desilusão,
amor, solidão, luto e orgulho.'
O anjo estava impressionado.
'És um génio, Deus. Pensaste em tudo.'
E de facto as mulheres são verdadeiramente espantosas. 
Têm capacidades que surpreendem os homens. 
Carregam fardos e dificuldades, mas mantendo um clima de felicidade,
amor e alegria. 
Sorriem quando querem gritar.  Cantam quando querem chorar. 
Choram quando estão felizes e riem quando estão nervosas. 
Lutam por aquilo em que acreditam e não aguentam injustiças. 
Não aceitam um 'não' quando acreditam que existe uma solução melhor.
Prescindem de tudo para dar à família. 
Vão com um amigo assustado ao médico. 
Amam incondicionalmente.
Choram quando os seus filhos são os melhores e aplaudem quando um
amigo ganha um prémio. 
Ficam radiantes quando nasce um bebé ou quando alguém se casa. 
Ficam devastadas com a morte de alguém querido, mas mantêm a força além de todos os limites.
Sabem que um abraço e um beijo pode curar qualquer desgosto.
Existem mulheres de todos os formatos, tamanhos e cores.
Elas conduzem, voam, andam e correm ou mandam e-mails só para mostrar que se preocupam contigo. 
O coração de uma mulher mantém este mundo a andar. 
Elas trazem alegria, esperança e amor.
Dão apoio moral à sua família e amigos. 
As mulheres têm coisas vitais a dizer e tudo para dar.
NO ENTANTO, EXISTE UM DEFEITO NAS MULHERES...

 


 
* É QUE ELAS SE ESQUECEM CONSTANTEMENTE DO SEU VALOR!

 

Voz do vento ...

 

publicado por Voz do vento às 22:49 | comentar | favorito
tags:
20
Jul 08

GÉMEOS - signo

  GÉMEOS - "Eu penso"

 

“Pessoas dotadas de amor são aquelas que não chegam a perder sua relação com a Terra, o Sol, a Lua, o vento, com o toque, a alegria, o prazer de viver...”
E quantos de nós é que tem tempo para usufruir da Natureza? A grande maioria de nós não sai da selva de concreto (em especial dos centros comerciais), não respira ar puro, não procura o contacto com a Natureza… Só damos valor as estas pequenas/enormes/fundamentais coisas quando, por alguma razão, já não conseguimos desfruta-las. Só os paraplégicos é que dão valor ao simples andar… só os invisuais dão valor às lindas cores da vida.
Assumimos tudo como garantido, a vida, por exemplo, vivemos como se fossemos imortais, mas não somos e um dia a vida dissipa-se. Não tratamos bem quem amamos e um dia eles vão-se; não demonstramos o que sentimos e vivemos cheios de máscaras. Raramente conseguimos ser nós mesmos. Raramente alguém nos conhece genuinamente… e é pena.

Esta carta de personalidade firme indica uma boa disposição geral, disposição essa que se repercutirá muito na vida afectiva. É preciso talvez dar um pouco mais, ser mais expressivo/a. Ninguém adivinha o que se passa na sua alma/coração e às vezes, aliás, muitas vezes o que aparentamos não é o que sentimos. Sabe o que isso causa? Insegurança na sua “metade” que se reflecte em instabilidade na relação.

Em termos profissionais o conselho da Rainha de Ouros é: seja paciente consigo, com aqueles que trabalham consigo. Tudo tem o seu ritmo, respeite o seu.

                                                                                           in Vera Xavier



É de forma inesperado como nos identificamos com palavras. Como as palavras transmitem o nosso estado de espírito perante nôs e os outros que nos rodeiam. É algo que pesquiso bastante e cada momento é surpreendente as descobertas que nos permite conquistar o nosso espaço.

Na verdade queremos alterar o ritmo das coisas, acelaram os acontecimento, não devemos fazê-los porque cada acontecimento irá ser o reflexo na nossa vida e são no momento certo que os mesmo irão acontecer. Na ocasião o momento certo, não iremos entender porque por vezes transforma-se numa dor, num confronto interior em que nos questionamos os porquês?



Porquê tinha de acontecer comigo?

O que fiz para merecer tal situação?

Devo ter feito muito mal para merecer tal castigo? Estão a castigar-me, só pode?



São interrogações que no tal "momento certo" pairam sobre o nosso SER. Mas não estavamos preparados para o que aconteceu mas, no Universo era o momento certo, no seu ritmo as coisas aconteceram. Iremos entendê-las mais tarde e depois diremos, talvez foi bom assim, tinha que ser!


Cada um de nôs tem o seu próprio tempo para amadurecer a ideia dos acontecimentos, uns mais rápidos e outros nem por isso.


NADA ACONTECE POR ACASO.



Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 11:57 | comentar | favorito
música: GÉMEOS
16
Jul 08

Envelhecer sem envelhecer

 

 

Tese de Guerdjef

Tese de um pensador russo chamado Guerdjef, que no início do século passado já falava em auto-conhecimento e na importância de se saber viver.  
 
Dizia ele: "Uma boa vida tem como base o sentido do que queremos para nós em cada momento e daquilo que,  
realmente vale como principal".
 

Assim sendo, ele traçou 20 regras de vida que foram colocadas em destaque no Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris.  
 
Dizem os "experts" em comportamento que, quem já consegue assimilar 10 delas, com certeza aprendeu a viver com qualidade interna. Ei-las:  

1) Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo. Repita essas pausas na vida diária e pense em você, analisando suas atitudes.  
 
2) Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.  
 
3) Planeje seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço  
para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você.  
 
4) Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez.  
Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaura.
 

5) Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível. No trabalho, casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua actuação, a não ser você mesmo.  
 
6) Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos.  
Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre-de-cerimónias.  
 
7) Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.  

8) Diferencie problemas reais de problemas imaginários e  
elimine-os porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.  
 
9) Tente descobrir o prazer de fatos quotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que é o máximo a se conseguir na vida.  
 
10) Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias enquanto há ansiedade e tensão. Espere um pouco e depois retome o diálogo, a acção.
 

11) Família não é você, está junto de você, compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade.

 
12) Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.  
 
13) É preciso ter sempre alguém em que se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilómetros.  
Não adianta estar mais longe.

  

14) Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar a roda. Nunca perca o sentido da importância subtil de uma saída discreta.  
 
15) Não queira saber se falaram mal de você e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento.  
 
16) Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é óptimo... para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.

17) A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.  
 
18) Uma hora de intenso prazer substitui com folga 3 horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Logo, não perca uma oportunidade de divertir-se.  
 
19) Não abandone suas 3 grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé!

 20) E entenda de uma vez por todas, definitiva e  
conclusivamente:  
      
 
Você é o que se fizer ser!

 

 

Voz do vento ...

 , analisando suas atitudes. 
   sem s

publicado por Voz do vento às 22:02 | comentar | favorito
tags:
04
Jul 08

Ninguém se encontra por acaso!

 

Sem palavras

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:57 | comentar | favorito
tags:

Pegadas na areia...

Uma noite tive um sonho, é verdade que todos temos e deveríamos sonhar.

A imagem à beira mar faz-nos libertar, a brisa acalma o nosso Eu.

Mas ao meditar nestas breves palavras, faz-nos todo o sentido, ilumina-nos. Só que naquele momento, não conseguimos compreender o porquê da solidão ter-se-á apoderado de nós, o porquê de estarmos tão sozinhos no meio da multidão, o porquê ninguém nos escutar, imploramos mas continuamos angustiados.

O MEU MOMENTO FINAL será a superação desse desafio, seja qual for.

Meditem

 


Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:44 | comentar | favorito
tags: ,
música: Momento final - Santos e Pecadores
02
Jul 08

A felicidade exige valentia.


"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não
esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela
vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no
recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter
medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para
ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."


                                                       Fernando Pessoa - 70º aniversário da sua morte

 

 

Voz do vento ...rte

publicado por Voz do vento às 22:27 | comentar | favorito
26
Jun 08

Os sonhos ...

 

 

 

Uma pobre senhora, com visível ar de derrota estampado no rosto, entrou num armazém, se aproximou do proprietário conhecido pelo seu jeito grosseiro, e lhe pediu fiado alguns mantimentos.

Ela explicou que o seu marido estava muito doente e não podia trabalhar e que tinha sete filhos para alimentar.

O dono do armazém zombou dela e pediu que se retirasse do seu estabelecimento

Pensando na necessidade da sua família ela implorou:

 

- "Por favor senhor, eu lhe darei o dinheiro assim que eu tiver...".  

- Ele lhe respondeu que ela não tinha crédito e nem conta na sua loja.

Em pé no balcão ao lado, um freguês que assistia a conversa entre os dois se aproximou do dono do armazém e lhe disse que ele deveria dar o que aquela mulher necessitava para a sua família, por sua conta.

Então o comerciante falou meio relutante
      para a pobre mulher:

- "Você tem uma lista de mantimentos?"

      - "Sim", respondeu ela.

      - "Muito bem, coloque a sua lista na balança e o quanto ela pesar, eu lhe darei em mantimentos"!

Os três ficaram admirados quando o prato da
      balança com o papel desceu e
      permaneceu em baixo.

Completamente pasmado com o marcador
      da balança, o comerciante virou-se lentamente
      para o seu freguês e comentou contrariado:

- "Eu não posso acreditar!".

 

 

O freguês sorriu e o homem começou a colocar os mantimentos no outro prato da balança.

Como a escala da balança não equilibrava, ele continuou colocando mais e mais mantimentos até não caber mais nada.

Finalmente, ele pegou o pedaço de papel da balança e ficou espantado pois não era uma lista de compras e sim uma oração que dizia:

"Meu Senhor, o Senhor conhece as minhas necessidades e eu estou deixando isto em Suas mãos..."

O homem deu as mercadorias para a pobre mulher no mais completo silêncio, que agradeceu e deixou o armazém.

O freguês pagou a conta e disse:
 

      - "Valeu cada centavo.."


      Só Deus sabe o quanto pesa uma oração...
 

Quando você receber esta mensagem, faça uma oração, peça a Deus por seus sofrimentos, por suas necessidades, pela falta de um emprego, por uma pessoa especial doente, por alguma enfermidade, e se não tiver nada a pedir, agradeça pelas bênçãos que recebemos todos os dias. É só isso o que você deve fazer.  

Não há mais nada anexado. Isto é poder!

 

Então encaminhe esta mensagem para algumas pessoas com as quais você se importe.

Se DEUS falou ao seu coração, abençoe alguém, enviando-lhe esta fantástica lição!

Não existe impossível para DEUS!

 

ELE DIZ:

 

- "EU SUPRIREI TODAS AS SUAS NECESSIDADES"
      (Filipenses 4:19).

Jamais desista daquilo que você realmente quer.


      A pessoa que tem grandes sonhos é mais forte do que aquela que possui todos os fatos"
 

 

 

Voz do vento...

 

publicado por Voz do vento às 23:01 | comentar | favorito
tags:
13
Jun 08

Aprender com o tempo ...

 

Depois de algum tempo você percebe a diferença,
a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido,

O mundo não pára para que você o conserte.

E você aprende que amar não significa apoiar-se,

E que companhia nem sempre significa segurança.

E começa a aprender que beijos não são contratos e

Presentes não são promessas.

Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

E aprende que não importa o quanto você se importe,

Algumas pessoas simplesmente não se importam...

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto

E não com a tristeza de uma criança.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida,

Mas quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família

Que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos

Se compreendemos que os amigos mudam,

Percebe que seu amigo e você podem fazer qualquer coisa,

Ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que, ou você controla seus actos,

Ou eles o controlarão,

E que ser flexível não significa ser fraco ou

Não ter personalidade,

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências.

Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera

 Que o chute quando você cai é uma das poucas

Que o ajudam a levantar-se.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança

que sonhos são bobagens,

Poucas coisas são tão humilhantes e

Seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado 

Por alguém, algumas vezes você tem que aprender

A perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga,

Você será em algum momento condenado.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:47 | comentar | favorito
tags:

Mudança ...

" Não confie cegamente nos métodos que sempre utiliza, poderá chegar certo dia que não irão resultar.

Tenha sempre planos de contingência, prepare alternativas para as situações imprevistas, analise as possibilidades de erro e prepare-se. Esteja atento às mudanças e não espere as dificuldades para agir"

 

                                                              in Filipe Scolari - 11 Março 2007

  

Em todos os tempos, a vida tem sempre momentos que representam como becos sem saída, quer seja a nível pessoal, profissional ou até social.

Na vida tudo muda e até aquilo que consideramos seguro e temos a convicção que não irá sofrer alterações, num lapide de minutos, torna-se obsoleto, desmorona-se como um baralho de cartas. Puff.

 

E nesse momento, todo o Ser é confrontado com as mudanças, poderá estar atento e agir para encontrar as soluções ou até poderá continuar casmurro e não evoluir para o plano seguinte. Caberá a cada um a decisão e o livre arbítrio, 

Por vezes, tiram-nos da nossa zona de conforto e insurgimo-nos contrariados, revoltados e sem entender o que realmente aconteceu. 

Deveremos parar o tempo necessário e analisarmos o que verdadeiramente ocorreu nas nossas vidas. Estaríamos atentos, o suficiente para apercebemos os sinais de mudanças a aproximar. 

"Aliás, para alguns querem que as coisas permaneçam sempre  na mesma e consideram que  a mudança não lhes trará quaisquer benefícios. Quando alguém diz que a mudança é uma má ideia."

 

                                       - "Quem mexeu no meu Queijo" - Dr. Spencer Juhnson

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 21:37 | comentar | favorito
tags:
12
Jun 08

O guerreiro da luz e a renúncia - Paulo Coelho

 

   

"Em qualquer actividade, é preciso saber o que se deve esperar, os meios de alcançar o objectivo, e a capacidade que temos para a tarefa proposta".

"Só pode dizer que renunciou aos frutos aquele que, estando assim equipado, não sente qualquer desejo pelos resultados da conquista, e permanece absorvido no combate".

"Pode-se renunciar ao fruto, mas esta renúncia não significa indiferença ao resultado”.

A estratégia é de Mahatma Gandhi. O guerreiro da luz a escuta com respeito, e não se deixa confundir por pessoas que, incapazes de chegar a qualquer resultado, vivem pregando a renúncia.

 

Renunciando à vingança

O guerreiro da luz tem a espada em suas mãos. É ele quem decide o que vai fazer, e o que não fará em circunstância nenhuma. Há momentos em que a vida o conduz para uma crise: ele é forçado a separar-se de coisas que sempre amou.

Então o guerreiro reflecte. Verifica se está cumprindo a vontade de Deus, ou se age por egoísmo. Caso a separação esteja mesmo no seu caminho, ele aceita sem reclamações.

Se, entretanto, tal separação for provocada pela perversidade alheia, ele é implacável em sua resposta.

O guerreiro possui a arte do golpe, e a arte do perdão. Sabe usar as duas com a mesma habilidade.

 

Renunciando à provocação

O lutador experiente aguenta insultos; conhece a força do seu punho, a habilidade de seus golpes. Diante do oponente despreparado, ele apenas contempla, e mostra a força do seu olhar. Vence sem precisar trazer a luta para o plano físico.

À medida que o guerreiro aprende com seu mestre espiritual, a luz da fé também brilha em seus olhos, e ele não precisa provar nada para ninguém. Não importa os argumentos agressivos do adversário - dizendo que Deus é superstição, que milagres são truques, que acreditar em anjos é fugir da realidade.

Assim como o lutador, o guerreiro da luz conhece sua imensa força; e jamais luta com quem não merece a honra do combate.

 

Renunciando ao tempo

O guerreiro da luz escuta Lao Tzu, quando ele diz que devemos nos desligar da idéia de dias e horas, e prestar cada vez mais atenção ao minuto.

Só assim, ele consegue resolver certos problemas antes que eles aconteçam. Prestando atenção nas pequenas coisas, consegue se resguardar das grandes calamidades.

Mas pensar nas pequenas coisas, não significa pensar pequeno. O guerreiro sabe que um grande sonho é composto de muitas coisas diferentes, assim como a luz do sol é a soma de seus milhões de raios.

 

Renunciando ao conforto

O guerreiro da luz contempla as duas colunas que estão ao lado da porta que pretende abrir. Uma se chama Medo, outra se chama Desejo.

O guerreiro olha para a coluna do Medo, e ali está escrito: "você vai entrar num mundo desconhecido e perigoso, onde tudo que aprendeu até agora não servirá para nada".

O guerreiro olha para a coluna do Desejo, e ali está escrito: "você vai sair de um mundo conhecido, onde estão guardadas as coisas que sempre quis, e pelas quais lutou tanto”.

O guerreiro sorri, porque não existe nada que o assuste, e nada que o prenda. Com a segurança de quem sabe o que quer, ele abre a porta.

                                                            in "Guerreiro da Luz" -   Paulo Coelho

   

    Voz do vento ...                                       

publicado por Voz do vento às 20:35 | comentar | ver comentários (1) | favorito
09
Jun 08

Não desistem dos vossos sonhos...

Espero com esta belíssima melodia vos alegre os vossos corações, naquele momento decisivo após tanta luta e os resultados não surgem.

 

Naqueles momentos em que vos questionais tanto, o PORQUÊ?

Naquele momento derradeiro é que querem entregar a vossa espada e desistirem, pois, já não aguentam mais.

 

Após a exaustão, após tantas lágrimas derramadas, tantas brigas travadas e a  raiva a consumir-vos, não permiti-vos que os sonhos sejam esquecidos. Vivei um dia de cada vez com a intensidade de um único dia, batalhai pelos os vossos sonhos.

 

 

Quando tentamos o nosso melhor, tudo à nossa volta torna-se melhor.

Quando apreendemos algo novo é permitirmos entrar em contacto com algo desconhecido.

Onde as coisas mais simples, tornar-se extraordinárias.

Atreva-se e arrisque.

Não tema os desafios da vida. Atreva-se a mudar. Ouse.

Lembre-se que sem fê , pode-se perder uma batalha que parecia ganha. Não se dê por vencido.

Não tenha medo em errar e saber que é necessária a humildade do seu SER para apreender.

Ter paciência e perseverança para encontrar o momento exacto e comemore as suas conquistas.

 

Caso, não seja o suficiente, VOLTE A TENTAR.

 

O mundo está nas mãos, daqueles que tem a coragem e de correr o risco de viver os seus sonhos.

 

 

 

                               NÃO DESISTAM DOS VOSSOS SONHOS. 

 

 

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 21:00 | comentar | favorito
tags:
música: Don´t Give Up, you are loved - josh groban

Sabedora índia ...

 

 

 

Um velho índio descreveu certa vez os seus conflitos internos.  

"  Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro é muito bom e dócil. Eles estão sempre em conflitos". 

Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia  a briga, o sábio índio parou, reflectiu e respondeu:

 

     " Aquele que eu alimentar".

 

 

Voz do vento ... 

publicado por Voz do vento às 20:37 | comentar | favorito
08
Jun 08

Os velhos são os trapos...

 

 

Pais heróis e mães heroínas do lar.
Passamos boa parte da nossa existência cultivando estes estereótipos.

Até que um dia o pai herói começa a passar
o tempo todo sentado, resmunga baixinho
e puxa uns assuntos sem pé nem cabeça.

A heroína do lar começa a ter dificuldade de concluir as frases e dá de implicar com a empregada.

O que pai e mãe fizeram para caducar de uma
 hora para outra?

 

Envelheceram... 
Nossos pais envelhecem.
Ninguém havia nos preparado para isso.

Um belo dia eles perdem o garbo, ficam mais vulneráveis e adquirem umas manias bobas.

Estão cansados de cuidar dos outros e de servir de exemplo: agora chegou a vez deles serem cuidados e mimados por nós, nem que para isso recorram a uma chantagem emocional.

Têm muita quilometragem rodada e sabem tudo, e o que não sabem eles inventam.

Não fazem mais planos a longo prazo, agora dedicam-se a pequenas aventuras, como comer escondido tudo
o que o médico proibiu.

 

Estão com manchas na pele.
Ficam tristes de repente.
Mas não estão caducos: caducos ficam os filhos,
que tem dificuldades em aceitar o ciclo da vida.

É complicado aceitar que nossos heróis e heroínas
 já não estão no controle da situação.

 

Estão frágeis e um pouco esquecidos, têm este direito, mas seguimos exigindo deles a energia de outrora.
Não admitimos suas fraquezas, seu desânimo.

Ficamos irritados e alguns chegam a gritar se eles se atrapalham com o celular ou outro equipamento e ainda não temos paciência para ouvir pela milésima vez a mesma história que contam como se acabassem de tê-la vivido

 

Em vez de aceitarmos com serenidade o fato de que as pessoas adoptam um ritmo mais lento com o passar dos anos, simplesmente ficamos irritados por eles terem traído nossa confiança, a confiança de que seriam indestrutíveis como os super-heróis.

Provocamos discussões inúteis e os enervamos com nossa insistência para que tudo siga como sempre foi.

Essa nossa intolerância só pode ser medo.
Medo de perdê-los, e medo de perdermos a nós mesmos, medo de também deixarmos de ser lúcidos e joviais

Com todas as nossas irritações, só provocamos mais tristeza àqueles que um dia só procuraram nos dar alegrias.

Por que não conseguimos ser um pouco do que eles foram para nós? Quantas noites estes heróis e heroínas passaram ao lado de nossa cama, medicando, cuidando e medindo febres!!

E nós ficamos irritados quando eles esquecem de tomar seus remédios, e ao brigar com eles, os deixamos chorando, tal qual crianças que fomos um dia.

 

É uma enrascada essa tal de passagem do tempo.
 Nos ensinam a tirar proveito de cada etapa da vida, mas é difícil aceitar as etapas dos outros...

Ainda mais quando os outros são nossos alicerces, aqueles para quem sempre podíamos voltar e sabíamos que estariam com seus braços abertos, e que agora estão dando sinais de que um dia irão partir sem nós.

Façamos por eles hoje o melhor, o máximo que pudermos, para que amanhã quando eles já não estiverem mais aqui connosco...

 

... possamos lembrar deles com carinho, de seus sorrisos de alegria e não das lágrimas de tristeza que eles tenham derramado por nossa causa.

 

Afinal, nossos heróis de ontem...

serão nossos heróis eternamente ...

 

 

Uma pessoa permanece jovem na medida em que ainda é capaz de apreender, adquirir novos hábitos, e tolerar contradições “

                                                           Marie  von Ebner- Eschenbach.

 

Voz do vento ...                                            

publicado por Voz do vento às 11:15 | comentar | favorito

A vida é uma obra de teatro...

 

Era uma vez um casal que tinha um filho de dez anos e um burro.  

Decidiram viajar, trabalhar e conhecer o mundo.  

Assim, se foram os três com seu burro.

Ao passar por um povoado,

Todos  comentaram: 

“Veja que menino mal-educado;

Em cima do burro e os pobres pais, puxando as rédeas.”  

Então, a mulher disse a seu esposo 

 Vamos permitir que essa gente fale mal do menino.  
 E o esposo resolveu.  

Tirou o menino e subiu ele no lombo do burro. E no segundo povoado,

Todos  murmuravam 

 “Veja que tipo sem vergonha; Vai bem cómodo em cima do burro enquanto a mulher e o filho vão puxando as rédeas” 

Então, tomaram a decisão de colocar a mulher no lombo do burro, enquanto pai e filho puxavam as rédeas.

Ao passar pelo terceiro povoado, todos comentava 
“Pobre homem. Depois de trabalhar o dia todo, ainda tem que levar a mulher sobre o burro! E pobre filho que espera dessa mãe!” 
Entraram então em um acordo e decidiram subir os três no lombo do burro para começar novamente sua peregrinação.

Ao chegar no povoado seguinte, todos comentavam 

“São mesmo umas bestas, será que não vêem que podem quebrar a coluna do pobre animal!” 
 
Por último, decidiram descer os três e caminhar junto ao burro.

 Porém ao passar pelo povoado seguinte, ouviram todos sorridentes dizerem:
 “Vejam só estes três idiotas:

Caminham, quando tem um burro que poderia leva-los”

 


 

Conclusão...

  

Sempre vão te criticar,

Falarem mal de você

E será difícil

Encontrar alguém que  concorde com suas atitudes.

   

Então:
 

Viva como gostas!

Faça o que te diz o coração!

Faça o que sentes!  

A vida é uma obra de teatro que não permite ensaios.

 

Por isso 

Cante, ria, dance, ame.  

E viva intensamente

Cada momento de tua vida, que é muito precioso, viva-o

Antes que fechem-se as cortinas

E a obra termine sem aplausos!!! 

 

 

 

Voz do vento ...

 

publicado por Voz do vento às 10:47 | comentar | favorito
tags:
06
Jun 08

Frases Poderosas...

"Se sabe o que fazer para atingir um dado sonho, então não é um sonho suficientemente grande." - Bob Proctor

"O homem que faz coisas comete erros, mas ele nunca comete o maior erro de todos - o de não fazer nada." - Benjamin Franklin (1706 - 1790) - estadista e cientista - um dos fundadores dos EUA
"Espíritos grandiosos sempre encontraram oposição violenta de mentes medíocres." - Albert Einstein (1879-1955)

"Pare de se queixar do que não tem e comece a criar o que quer ter e ser." - Dr. Phil McGraw (1950 - ) - Psicólogo americano e apresentador de TV

"Acredita no melhor ... tem um objectivo para o melhor, nunca fiques satisfeito com menos que o teu melhor, dá o teu melhor... e, no longo prazo, as coisas correrão pelo melhor!" - Henry Ford

"Podes ter de travar uma batalha mais de uma vez para a venceres." - Margaret Thatcher

"Uma pedra intransponível para o pessimista, é uma pedra de apoio para o optimista." - Eleanor Roosevelt

"O tempo é sempre certo para fazer o que está certo." - Martin Luther King, Jr.

"Saber quando deves ter a tua boca fechada é frequentemente mais importante do que a abrir na hora certa." - Malcolm Forbes

"O Tempo é limitado, pelo que o melhor é acordar fresco em cada manhã, sabendo que tenho apenas uma hipótese de viver este dia e orientar todos os meus dias para uma vida de acção e propósito." - Lance Armstrong (1971 - ) - ciclista americano, 7 vezes vencedor do Tour de France, sobrevivente de um cancro

"Comece por fazer o que é necessário, depois faça o que é possível e em breve estará fazendo o que é impossível" - S. Francisco de Assis

"O estado da sua vida nada mais é do que o reflexo do estado da sua mente." - Wayne Dyer

"Quanto mais estudo os ricos, num esforço para aprender como ajudar mais pessoas a serem um deles, mais fico espantado pelo número daqueles que ainda não o são." - David Bach

"O Máximo que já conseguiu até hoje não é ainda o seu Máximo" - Adelino Cunha

"O pessimista pede emprestado problemas; o optimista empresta encorajamento." - William Arthur Ward

"Quando os teus desejos são suficientemente fortes aparentas ter poderes sobre-humanos para os alcançar." - Napoleon Hill

"O problema não é haverem problemas. O problema é esperar outra coisa e pensar que ter problemas é um problema." - Theodore Rubin

"Tu podes adiar, mas o tempo não." - Benjamin Franklin

"O primeiro passo para conseguir algo é desejá-lo." - Madre Teresa

"Pessoas com metas triunfam porque sabem para onde vão. É tão simples como isso." - Earl Nightingale

"Não quero rezar para me proteger dos perigos, mas para ser destemido ao encará-los. Não quero implorar para que me retirem a dor, mas para que tenha um coração que a possa conquistar." - Rabindranath Tagore

"Mostre-me um homem acomodado e eu mostro-lhe um fracassado" - Thomas Edison

"Alimente Grandes Pensamentos, porque nunca conseguirá mais do que o que pensa." - Benjamin Disraeli

"Nenhum homem pode tornar-se rico ou conseguir algum tipo de êxito duradouro nos negócios se for um conformista." - Paul Getty

"A função da liderança é produzir mais líderes, não mais seguidores " - Ralph Nader

"Aquilo que permanentemente digo a mim mesmo, em cada ano, é que quero no final do ano ser melhor jogador do que era no início. Se posso fazer isso, ano após ano, para o resto da minha carreira, terei uma bela carreira." - Tiger Woods - Golfista profissional

"O dicionário é o único local onde o sucesso vem antes do trabalho. Trabalho árduo é o preço a pagar para se ter sucesso. Você pode conseguir tudo desde que esteja disposto a pagar o preço." - Vince Lombardi

"Amor intenso não se avalia, apenas se dá " - Madre Teresa

"Compromisso é aquele ponto de viragem na sua vida em que se apercebe de um momento e o converte numa oportunidade de alterar o seu destino." - Denis Waitley

"Você nasceu como um original. Não morra como uma cópia." - John Mason

"Como seres humanos a nossa grandeza reside não tanto em ser capazes de refazer o mundo… mas em sermos capazes de nos refazermos a nós mesmos." - Mahatma Gandhi

"Trabalhe como se não precisasse do dinheiro. Ame como se nunca tivesse sido magoado. Dance como se ninguém estivesse a ver." - Satchel Paige

"Dêem-me seis horas para cortar uma árvore e eu gastarei a primeira hora a afiar o machado " - Abraham Lincoln

" "Não posso" nunca conseguiu nada. "Vou tentar" tem realizado maravilhas. " - George P. Burnham

"A Verdade é como o Sol. Podes esconder durante algum tempo, mas não desaparece." - Elvis Presley
"A influência de cada ser humano nos outros, na sua vida, é um tipo de imortalidade" - John Quincy Adams (1767-1848) 6º Presidente dos Estados Unidos da América

"Para crescer, tem de estar disposto a deixar que o seu presente e futuro sejam totalmente diferentes do seu passado. A sua história não é o seu destino. " - Alan Cohen

"Não tenha medo de dar o seu melhor naquilo que parecem ser pequenas tarefas. De cada vez que conquista uma, fica mais forte. Se faz os pequenos trabalhos bem, os grandes tendem a cuidar de si mesmos." - Dale Carnegie

"O maior prazer na vida consiste em fazer aquilo que os outros dizem que não se consegue fazer." - Walter Bagehot

"À medida que vou amadurecendo, presto menos atenção ao que os homens dizem. Simplesmente vejo o que fazem." - Andrew Carnegie



"Quando um sonho é realmente importante para uma pessoa, essa pessoa encontra a forma de realizar o que no início parecia impossível. " - Nido Qubein

"Há duas coisas a buscar na vida: primeiro, conseguir o que se quer; depois, saborear o conseguido. Só os mais sábios conseguem a segunda." - Logan Pearsall Smith

"Você torna-se aquilo em que pensa." - Earl Nightingale

"Nada pode dar mais poder na sua vida que concentrar todas as suas energias num número limitado de objectivos." - Nido Qubein

"O que se passa dentro manifesta-se fora." - Earl Nightingale

"Sempre sonhe e aponte mais alto do que aquilo que sabe que pode fazer. Não se preocupe apenas em ser melhor que os seus contemporâneos ou predecessores. Tente superar-se a si próprio" - William Faulkner (1897-1962) - escritor americano galardoado com o Prémio Nobel

"A vontade de vencer é importante, mas a vontade de se preparar é vital." - Joe Paterno

"Não é a montanha que conquistamos, mas nós próprios." - Sir Edmund Hillary (1919 - ) - 1º homem a escalar o Monte Everest

"A minha filosofia é que não só você é responsável pela sua vida, como quando dá o seu melhor agora fica na melhor posição para o próximo instante." - Oprah Winfrey

"Aquele que acredita é forte; aquele que duvida é fraco. Fortes convicções precedem extraordinárias acções." - James Freeman Clarke (1810-1888)

"Nunca avalie o tamanho de uma montanha, até ter atingido o topo. Então verá quanto pequena ela era." - Dag Hammarskjold (1905-1961) - Secretário Geral das Nações Unidas - Prémio Nobel

"Não temos de nos tornar heróis do dia para a noite. Só um passo de cada vez, tratando cada coisa à medida que surge, vendo que não é tão assustadora como parecia, descobrindo que temos a força para a superar." - Eleanor Roosevelt (1884-1962) - Diplomata das Nações Unidas - Primeira dama do EUA

"No meio da dificuldade vive a oportunidade." - Albert Einstein

"Bem feito é melhor que bem dito." - Benjamin Franklin

"Hoje é um NOVO DIA. Você retirará dele apenas o que colocar nele." - Mary Pickford (1893-1979). Actriz canadiana, vencedora do Academy Award® e co-fundadora da United Artists

"Para ser insubstituível tem de ser diferente." - Coco Chanel

"Eu sempre acredito que posso vencer o melhor, conseguir o melhor. Vejo-me sempre no topo." - Serena Williams (1981-) Campeã americana de ténis

"Obstáculos são as coisas assustadoras que encontra quando desvia os olhos do seu sonho" - Henry Ford

"Tento aprender do Passado, mas planeio o Futuro focalizando exclusivamente no Presente." - Donald Trump (14 Junho 1946 -)

"Se trabalha só por dinheiro nunca o vai conseguir, mas se gosta do que faz e coloca os clientes sempre em primeiro lugar, o sucesso será seu." - Ray Kroc (1902-1984) - fundador da McDonald's Corporation

"Não julgue cada dia pela colheita que fez, mas pelas sementes que plantou." - Robert Louis Stevenson (1850-1894) - escritor e poeta

"A derradeira medida de um homem não é onde ele se coloca em momentos de conforto e conveniência, mas onde ele se posiciona em momentos de desafio e controvérsia." - Martin Luther King, Jr. (1929-1968)

"Nada pode verdadeiramente substituir pequenas palavras de sincero apreço, bem escolhidas e ditas no momento certo. São grátis e valem uma fortuna." - Sam Walton (1918-1992) - fundador da Wal-Mart

"A dor é temporária. Desistir dura para sempre." - Lance Armstrong (1971 - ) - ciclista americano, 7 vezes vencedor do Tour de France, sobrevivente de um cancro

"Para começar, pare de falar e comece a fazer. " - Walt Disney

"Excelência não é uma excepção, é uma atitude permanente." - Colin L. Powell (1937 - )

"Nunca digas é impossível. Diz: ainda não fiz" - Provérbio do Japão

"Onde quer que vá, vá com o coração" - Confúcio

"Quando se encontra sem se procurar é porque já muito se procurou sem se encontrar" - Albert Einstein

"Quem quer fazer algo encontra um meio, quem não quer fazer nada arranja desculpas" - Provérbio árabe

"Suba o primeiro degrau da fé. Você não tem que ver toda a escadaria, antes de subir o primeiro degrau" - Martin Luther King Jr

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 23:17 | comentar | ver comentários (2) | favorito

Não devemos ter medo dos confrontos...

 

 

 

“Quando me amei de verdade “ - Charles Chaplin 

  

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância,  eu estava no lugar certo,  na hora certa, no momento exacto.  

E, então, pude relaxar.  
Hoje sei que isso tem nome...  

Auto-estima.

 Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, meu sofrimento emocional,  não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades.  

Hoje sei que isso é...  

Autenticidade. 

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente  
e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.  

Hoje chamo isso de...  

Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar  
alguma situação ou alguém apenas para realizar  aquilo que desejo,  mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada,  inclusive eu  mesmo.  

Hoje sei que o nome disso é...  

Respeito.

Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável...  

Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo.  

Hoje sei que se chama...  

Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer meu tempo livre e desisti de  
fazer grandes planos, abandonei os projectos megalómanos de futuro.  
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.  

Hoje sei que isso é...  

Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre razão e,  com isso, errei muito menos vezes.  

Hoje descobri a...  

Humildade.

 Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me  
preocupar com o Futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.  

Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é...  

Plenitude.

 Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração,  ela se torna uma grande e valiosa aliada.  

Tudo isso é....  

SABER VIVER!

  

“Não devemos ter medo dos confrontos...  
Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas.”

 

 

Voz do vento...

 

publicado por Voz do vento às 23:05 | comentar | ver comentários (1) | favorito

SACUDINDO A TERRA...

 

 

 

 

 

 

 

Um dia, o cavalo de um camponês caiu num poço. Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. 

Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto o camponês pensava no que fazer. 

Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que o cavalo já estava muito velho e não servia mais para nada, e também o poço já estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma .

 

Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o cavalo de dentro do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar vivo o cavalo.

Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço. 

O cavalo não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele, e chorou desesperadamente.  

Porém, para surpresa de todos, o cavalo quietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou.

O camponês finalmente olhou para o fundo do poço e se surpreendeu com o que viu. A cada pá de terra que caía sobre suas costas o cavalo a sacudia, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. 

Assim, em pouco tempo, todos viram como o cavalo conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima da borda e sair dali trotando.

A vida vai lhe jogar muita terra, todo o tipo de terra. Principalmente se você já estiver dentro de um poço. 

O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar um passo sobre ela. 

Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra que te jogam para seguir adiante!

Recorde as 5 regras para ser feliz: 

1- Liberte o seu coração do ódio.

2 - Liberte a sua mente das preocupações.

3 - Simplifique a sua vida.

4- Dê mais e espere menos.

5- Ame mais e... aceite a terra que lhe jogam, pois ela pode ser a solução,

   não o problema,

 

Voz do vento ...

 

 

publicado por Voz do vento às 22:58 | comentar | favorito

A ATITUDE É TUDO ...

CORPO & MENTE PODEROSOS

 

 

 

 

 

ATITUDE NA VIDA

 

O João era o tipo de homem que qualquer pessoa gostaria de conhecer. Estava sempre de bom humor e tinha sempre qualquer coisa de positivo para dizer. Se alguém lhe perguntasse como ele estava, a resposta seria logo:

- Cada dia melhor ... Era um gerente especial, os empregados seguiam-no de restaurante em restaurante, só por causa da sua atitude. Era um motivador nato: se um colaborador tinha um dia mau, o João dizia-lhe sempre para ver o lado positivo da situação. Fiquei tão curioso com o seu estilo de vida.que um dia lhe perguntei:

- João, como podes ser uma pessoa tão positiva o tempo todo? Como é que consegues isso? Respondeu-me:

- Cada manha, ao acordar, digo para mim mesmo: João, hoje tens duas escolhas, podes ficar de bom humor ou de mau humor, e escolho ficar de bom humor. Cada vez que algo de mau acontece, posso escolher fazer-me de vítima ou aprender alguma coisa com o ocorrido: escolho aprender algo. Sempre que alguém reclama, posso escolher aceitar a reclamação ou mostrar o lado positivo da vida.

- Certo, mas não é fácil - argumentei.

- É fácil, disse-me o João. A vida é feita de escolhas. Quando examinas as coisas a fundo, há sempre uma escolha. E cabe-te escolher como reagir às situações: escolhes como as pessoas afectarão o teu humor. É tua a escolha de como viver a tua vida. Nunca mais me esqueci do que o João me disse, e lembrava-me sempre dele quando fazia uma escolha. Anos mais tarde soube que o João cometera um erro, deixando pela manha a porta de serviço aberta, e foi surpreendido por assaltantes. Dominado, enquanto tentava abrir o cofre, a mão, tremendo com o nervosismo, desfez a combinação do segredo. Os ladrões entraram em pânico, dispararam e atingiram-no. Por sorte, foi encontrado a tempo de ser socorrido e levado para um hospital. Depois de 18 horas de cirurgia e semanas de tratamento intensivo, teve alta, ainda com fragmentos de balas alojadas no corpo. Encontrei-o mais ou menos por acaso passados uns dias, e quando lhe perguntei como estava, logo me respondeu com o seu habitual ar bem disposto:

- Óptimo, se melhorar estraga!! Contou-me o que havia acontecido, e perguntou se eu queria veras suas cicatrizes. Eu recusei-me a ver seus ferimentos, mas perguntei-lhe o que lhe havia passado pela mente na ocasião do assalto.

- A primeira coisa que pensei foi que devia ter trancado a porta das traseiras, respondeu. Então, deitado no chão, ensanguentado, lembrei-me que tinha duas escolhas : poderia viver ou morrer. Escolhi viver!

- Não tiveste medo? Perguntei.

- Olha, os paramédicos foram óptimos, diziam-me que tudo ia dar certo e que eu ia ficar bom. Mas quando cheguei à sala de emergência e vi a expressão dos médicos e enfermeiras, fiquei apavorado : nas expressões deles eu lia claramente: Esse aí já era ... Decidi então que tinha que fazer algo.

- E o que fizeste? Perguntei. - Bem, havia uma enfermeira que fazia muitas perguntas. Perguntou-me se eu era alérgico a alguma coisa. Eu respondi: Sim. Todos pararam para ouvir a minha resposta. Tomei fôlego e gritei:

- Sou alérgico a balas! Entre a risota geral, disse-lhes: - Eu escolho viver, operem-me como um ser vivo, não como um morto !! O João sobreviveu graças à persistência dos médicos, mas, também graças à sua atitude. Aprendi que todos os dias temos a opção de viver plenamente e tomar decisões, pois serão atitudes que trarão benefícios agora e para a eternidade.· Afinal de contas,

 

A  ATITUDE É TUDO ...

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:51 | comentar | favorito
tags:

O PRINCÍPIO 90/10

 

Que princípio é esse?  

 

Os 10% da vida estão relacionados com o que se passa com você, os outros 90% da vida estão relacionados com a forma como você reage ao que se passa com você.  

 

O que isto quer dizer?

 

Realmente, nós não temos controle sobre 10% do que nos sucede.

Não podemos evitar que o carro enguice, que o avião atrase, que o semáforo fique no vermelho.

Mas, você é quem determinará os outros 90%.  

 

Com sua reacção!

Exemplo: você está tomando o café da manhã com sua família. Sua filha, ao pegar a xícara, deixa o café cair na sua camisa branca de trabalho. Você não tem controle sobre isto.

O que acontecerá em seguida será determinado por sua reacção.  

 

Como?

 

Então, você se irrita.

Repreende severamente sua filha e ela começa a chorar.

Você censura sua esposa  por ter colocado a xícara muito na beirada da mesa.

E tem prosseguimento uma batalha verbal...  

 

Contrariado e resmungando, você vai mudar de camisa.

Quando volta, encontra sua filha chorando mais ainda e ela acaba perdendo o autocarro para a escola.

Sua esposa vai para o trabalho também contrariada.  

 

Você tem que levar sua filha de carro para escola.

Como está atrasado, dirige em alta velocidade e é multado.

Depois de 15 minutos de atraso, uma discussão com o guarda de trânsito e uma multa, vocês chegam à escola, onde sua filha entra, sem se despedir de você.  

 

Ao chegar atrasado ao escritório, você percebe que esqueceu sua maleta. Seu dia começou mal e parece que ficará pior. Você fica ansioso para o dia acabar e quando chega em casa, sua esposa e filha estão de cara fechadas, em silêncio e frias com você.

Por quê?

Por causa de sua reacção ao acontecido no café da manhã.  
  

Pense, por quê seu dia foi péssimo?  

A) Por causa do café?

B) Por causa de sua filha?

C) Por causa de sua esposa?

D) Por causa da multa de trânsito?

E) Por sua causa?  
 

A resposta correcta é a da letra "E".

Você não teve controle sobre o que aconteceu com o café, mas o modo como você reagiu naqueles 5 minutos foi o que deixou seu dia ruim.  

 

O café cai na sua camisa, sua filha começa a chorar e então você diz a ela, gentilmente: "está bem, querida, você só precisa ter mais cuidado".

Depois de pegar outra camisa e a pasta executiva, você volta, olha pela janela e vê sua filha pegando o autocarro.

Dá um sorriso e ela retribui dando adeus com a mão.  

 

 

Notou a diferença?  

Duas situações iguais, que terminam muito diferentes. Por quê? Porque os outros 90% são determinados por sua reacção.  

 

Aqui temos um exemplo de como aplicar o Princípio 90/10.

Se alguém diz algo negativo sobre você, não leve a sério, não deixe que os comentários negativos te afectam, reaja apropriadamente e seu dia não ficará arruinado.  
  

Como reagir a alguém que lhe atrapalha no trânsito?

Você fica transtornado? Golpeia o volante? Xinga? Sua pressão sobe?

E o que acontecerá se você perder o emprego?

Vai ficar preocupado, angustiado, perder o sono e adoecer?  

 

Isto não funcionará!

Use a energia da preocupação para procurar outro trabalho.

Seu voo está atrasado, vai atrapalhar a sua programação do dia. Por quê manifestar frustração com o funcionário do aeroporto?

Ele não pode fazer nada.

Use seu tempo para estudar, conhecer os outros passageiros.

Stress só piora as coisas.  
  

Agora que você já conhece o Princípio 90/10, utilize-o.

Você se surpreenderá com os resultados e não se arrependerá de usá-lo.  

 

Por desconhecerem o poder de escolher suas reacções diante dos acontecimentos, milhares de pessoas estão sofrendo e se stressando desnecessariamente. E o stress destrói nossa saúde e nos envelhece.

Todos devemos conhecer e praticar o Princípio 90/10.

Pode mudar a sua vida!  

 

Voz do vento ...
 

 

 

publicado por Voz do vento às 22:31 | comentar | favorito
música: One Man’s Dream

Há um tempo em que ...

 

 

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos que nos levam aos mesmos lugares.

É o tempo da travessia e se não ousarmos fazê-lo teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos.

Somente a coragem lúcida pode trazer algo de novo"

(Fernando Pessoa)

 

Voz do tempo ...

publicado por Voz do vento às 22:26 | comentar | favorito
tags:

NADA ACONTECE POR ACASO!

 

"...O maior erro do ser humano, é tentar tirar da cabeça aquilo que não sai do coração..."

Um dia, um rapaz pobre que vendia mercadorias de porta em porta para pagar seus estudos, viu que só lhe restava uma simples moeda de dez centavos e tinha fome.
 
Decidiu que pediria comida na próxima casa. Porém, seus nervos o traíram quando uma encantadora mulher jovem lhe abriu a porta...

Em vez de comida, pediu um copo de água. Ela pensou que jovem parecia faminto e assim lhe deu um grande copo de leite. Ele bebeu devagar e depois lhe perguntou:

-Quanto lhe devo?
-Não me deves nada - respondeu ela.

E continuou: - Minha mãe sempre nos ensinou a nunca aceitar pagamento por uma oferta caridosa.
Ele disse:
-Pois te agradeço de todo coração.

Quando Howard Kelly saiu daquela casa, não só se sentiu mais forte fisicamente, mas também sua fé em Deus e nos homens ficou mais forte.

Ele já estava resignado a se render e deixar tudo.

Anos depois, essa jovem mulher ficou gravemente doente. Os médicos locais estavam confusos.

Chamaram o Dr.Howard Kelly.
Quando escutou o nome do povoado de onde ela viera, uma estranha luz encheu seus olhos.

Imediatamente, vestido com a sua bata de médico, foi ver a paciente.
Reconheceu imediatamente aquela mulher.

Determinou-se a fazer o melhor para salvar aquela vida.

Passou a dedicar atenção especial àquela paciente.
Depois de uma demorada luta pela vida da enferma, ganhou a batalha.

O Dr. Kelly pediu a administração do hospital que lhe enviasse a factura total dos gastos para aprová-la.

Ele a conferiu, depois escreveu algo e mandou entregá-la no quarto da paciente.
Ela tinha medo de abri-la, porque sabia que levaria o resto da sua vida para pagar todos os gastos.

Mas finalmente abriu a factura algo lhe chamou a atenção, pois estava escrito o seguinte: "Totalmente pago há muitos anos com um copo de leite ass.: Dr.Howard Kelly."

Lágrimas de alegria correram dos olhos da mulher e seu coração feliz rezou assim:

 

“Graças meu Deus porque teu amor se manifestou nas mãos e nos corações humanos."

 

"Na vida nada acontece por acaso. O que você faz hoje, pode fazer a diferença em sua vida amanhã."

 

 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 21:20 | comentar | favorito
tags:
04
Jun 08

ÚLTIMO FOLHETO!!!

 

 

Todos os domingos à tarde, depois do culto da manhã na igreja, o
pastor e seu filho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam folhetos
evangelísticos.

Numa tarde de domingo, quando chegou à hora do pastor e seu filho
saírem pelas ruas com os folhetos, fazia muito frio lá fora e também
chovia muito. O menino se agasalhou e disse:

-'Ok, papai, estou pronto. '

E seu pai perguntou:

-'Pronto para quê?'

-'Pai, está na hora de juntarmos os nossos folhetos e sairmos. '

Seu pai respondeu:

-'Filho, está muito frio lá fora e também está chovendo muito. '

O menino olhou para o pai surpreso e perguntou:

-'Mas, pai, as pessoas não vão para o inferno até mesmo em dias de chuva?'

Seu pai respondeu:

-'Filho, eu não vou sair nesse frio. '

Triste, o menino perguntou:

-'Pai, eu posso ir? Por favor!'

Seu pai hesitou por um momento e depois disse:

-'Filho, você pode ir. Aqui estão os folhetos. Tome cuidado, filho. '

-'Obrigado, pai!'

Então ele saiu no meio daquela chuva. Este menino de onze anos
caminhou pelas ruas da cidade de porta em porta entregando folhetos
evangelísticos a todos que via.

Depois de caminhar por duas horas na chuva, ele estava todo molhado, mas faltava o último folheto. Ele parou na esquina e procurou por alguém para entregar o folheto, mas as ruas estavam totalmente desertas. Então ele se virou em direcção à primeira casa que viu e caminhou pela calçada até a porta e tocou a campainha. Ele tocou a campainha, mas ninguém respondeu. Ele tocou de novo, mais uma vez, mas ninguém abriu a porta. Ele esperou, mas não houve resposta.

Finalmente, este soldadinho de onze anos se virou para ir embora, mas algo o deteve. Mais uma vez, ele se virou para a porta, tocou a
campainha e bateu na porta bem forte. Ele esperou, alguma coisa o
fazia ficar ali na varanda. Ele tocou de novo e desta vez a porta se
abriu bem devagar.
De pé na porta estava uma senhora idosa com um olhar muito triste. Ela perguntou gentilmente:

-'O que eu posso fazer por você, meu filho?'

Com olhos radiantes e um sorriso que iluminou o mundo dela, este
pequeno menino disse:

-'Senhora, me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de
dizer que JESUS A AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu último folheto que lhe dirá tudo sobre JESUS e seu grande AMOR. '

Então ele entregou o seu último folheto e se virou para ir embora.
Ela o chamou e disse:

-'Obrigada, meu filho!!! E que
Deus te abençoe!!!'

Bem, na manhã do seguinte domingo na igreja, o Papai Pastor estava no púlpito. Quando o culto começou ele perguntou:

- 'Alguém tem um testemunho ou algo a dizer?'

Lentamente, na última fila da igreja, uma senhora idosa se pôs de pé.
Conforme ela começou a falar, um olhar glorioso transparecia em seu rosto.

- 'Ninguém me conhece nesta igreja. Eu nunca estive aqui. Vocês sabem antes do domingo passado eu não era cristã. Meu marido faleceu a algum tempo deixando-me totalmente sozinha neste mundo. No domingo passado, sendo um dia particularmente frio e chuvoso, eu tinha decidido no meu coração que eu chegaria ao fim da linha, eu não tinha mais esperança ou vontade de viver.

Então eu peguei uma corda e uma cadeira e subi as escadas para o sótão da minha casa. Eu amarrei a corda numa madeira no telhado, subi na cadeira e coloquei a outra ponta da corda em volta do meu pescoço.
De pé naquela cadeira, tão só e de coração partido, eu estava a ponto de saltar, quando, de repente, o toque da campainha me assustou. Eu pensei:

-'Vou esperar um minuto e quem quer que seja irá embora. '

Eu esperei e esperei, mas a campainha era insistente; depois a pessoa que estava tocando também começou a bater bem forte. Eu pensei:

-'Quem neste mundo pode ser? Ninguém toca a campainha da minha casa ou vem me visitar. '

Eu afrouxei a corda do meu pescoço e segui em direcção à porta,
enquanto a campainha soava cada vez mais alta.

Quando eu abri a porta e vi quem era, eu mal pude acreditar, pois na
minha varanda estava o menino mais radiante e angelical que já vi em
minha vida. O seu SORRISO, ah, eu nunca poderia descrevê-lo a vocês! As palavras que saíam da sua boca fizeram com que o meu coração que estava morto há muito tempo SALTASSE PARA A VIDA quando ele exclamou com voz de querubim:

-'Senhora, eu só vim aqui para dizer QUE JESUS A AMA MUITO. '

Então ele me entregou este folheto que eu agora tenho em minhas mãos.

Conforme aquele anjinho desaparecia no frio e na chuva, eu fechei a
porta e atenciosamente li cada palavra deste folheto.

Então eu subi para o sótão para pegar a minha corda e a cadeira. Eu
não iria precisar mais delas. Vocês vêem - eu agora sou uma FILHA
FELIZ DO REI!!!

Já que o endereço da sua igreja estava no verso deste folheto, eu vim
aqui pessoalmente para dizer OBRIGADO ao anjinho de
Deus que no
momento certo livrou a minha alma de uma eternidade no inferno. '

Não havia quem não tivesse lágrimas nos olhos na igreja. E quando gritos de louvor e honra ao REI ecoaram por todo o edifício,
o Papai Pastor desceu do púlpito e foi em direcção a primeira fila onde
o seu anjinho estava sentado. Ele tomou o seu filho nos braços e
chorou copiosamente.

Provavelmente nenhuma igreja teve um momento tão glorioso como este e provavelmente este universo nunca viu um pai tão transbordante de amor e honra por causa do seu filho...

Exceto um. Este Pai também permitiu que o Seu Filho viesse a um mundo frio e tenebroso. Ele recebeu o Seu Filho de volta com gozo
indescritível, todo o céu gritou louvores e honra ao Rei, o Pai
assentou o Seu Filho num trono acima de todo principado e potestade e lhe deu um nome que é acima de todo nome.

Bem aventurados são os olhos que vêem esta mensagem. Não deixe que ela se perca, leia-a de novo e passe-a adiante.

Lembre-se: a mensagem de
Deus pode fazer a diferença na vida de alguém próximo a você.

 

 

 


 

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 22:44 | comentar | favorito

Mas nada se compara ao valor de um filho…

Vamos meditar...


Vimos repetidamente estudos que tentam calcular o quanto custa criar um filho.


Mas pela primeira vez vamos ver a listagem das recompensas.

É  absolutamente notável!

 

Uma ONG recentemente calculou que o custo de criar um filho, do seu nascimento até aos 18 anos, seria de cerca de € 62.500 para uma família de classe média.

O valor é chocante! E não cobre os custos da formação escolar.

 

Mas € 62.500,  se parcelar o montante, não é assim tão mau.

Ele traduz-se em cerca de:

 

* € 3.470 por ano,

* € 289 por mês,

* € 67 por semana.

* € 9,50 por dia. Ou

* Uns meros € 0,40 por hora

 

E o que se ganha gastando € 62.500 ?

 

v     O direito a dar um nome.

v     O olhar de Deus todos os dias.

v     Risadinhas debaixo das cobertas todas as noites.

v     Mais amor do que o coração pode imaginar.

v     Beijos jogados no ar e abraços carinhosos.

v     Infinitas admirações por pedras, formigas, nuvens, bolinhos, cãezinhos, gatos, etc...

v     Recebe molduras com arco-íris, corações ou flores; ter imãns na porta do frigorifico; conjuntos de mãos impressas em argila no Dia da Mãe; e cartões com letras viradas ao contrário no Dia do Pai.

v     Uma mão que, tendo sido feita para segurar, está normalmente suja de doce ou chocolates.

v     Um parceiro para fazer bolinhas de sabão, jogar à bola, brincar com papagaios de papel.

v     Alguém que nos faz rir como um tolo, e que nos põe em perspectiva a importância do comportamento da bolsa de valores ou o que o chefe possa ter dito.

 

 

Por € 62.500 nunca precisará de crescer. 

  Por isso, nunca se esqueças de:

 

v     Ter os dedos sujos de tinta

v     Modelar objectos

v     Brincar às escondidas

v     Ver e ler desenhos animados

v     Nunca deixar de gostar de sonhar.

 

Assim terá  uma desculpa para...

 

v     Continuar a ler as Aventuras do Ursinho Puff

v     Ver desenhos animados logo pela manhã

v     Assistir a filmes da Disney, e

v     Fazer pedidos às estrelas.

 

Por  € 62.500 somos heróis apenas porque ...

v     recuperamos um papagaio de papel que caiu em cima do telhado da garagem

v     retirámos as rodinhas da bicicleta

v     removemos uma farpa do pézinho

v     enchemos uma piscina de plástico

v     conseguimos fazer um enorme balão de pastilha elástica sem estoirar

v     fomos ao parque de diversões e voltámos exaustos... 

 

Por apenas € 62.500, ganhamos lugar na primeira fila  da “história” como testemunhas...

 

v     do primeiro olhar

v     do primeiro sorriso

v     dos primeiros passos

v     das primeiras palavras

v     do primeiro abraço

v     do primeiro beijo

 

Por apenas € 62.500,

 

Ganhamos a imortalidade!

Passamos a ter um novo braço na árvore genealógica e, com a graça da Providência, uma longa lista de membros no seu obituário, chamados netos e bisnetos.

 

Recebemos formação não formal em Psicologia, Enfermagem,  Justiça criminal, Comunicação e sexualidade humana.

Coisa que nenhuma universidade nos poderia conceder.

Aos olhos de uma criança, nós estamos lá bem alto, logo abaixo de Deus.

 

Por apenas € 62.500, ganhamos o poder de:

 

curar um choro

garantir a bênção de Deus para uma noite de sono

remendar um coração partido

policiar uma festa sonolenta

cultivá-los sempre

amá-los sem limites.

 E assim, algum dia,  eles como nós,

amarão sem medir os custos.

É um excelente negócio por esse preço!

 

Ame & disfrute os seus filhos & netos & bisnetos !!!

 

É o melhor investimento que fará na sua vida.

 

Por € 62.500…

 

          Poder-se-ia comprar um carro de luxo.

          Poder-se-ia comprar uma linda casa.

          Poder-se-ia comprar um belo iate...

 

Mas nada se compara ao valor de um filho…

 

  

Voz do vento ...

 

publicado por Voz do vento às 22:03 | comentar | favorito
tags:
01
Jun 08

O tempo é como um rio...

 

Nunca se justifique para ninguém. Porque a pessoa que gosta de você não
precisa que você faça isso, e quem não gosta não acreditará.

Não deixe que alguém se torne uma prioridade em sua vida, quando você é somente uma possível opção na vida dessa pessoa.

 

Relacionamentos funcionam melhor quando são equilibrados.

De manhã quando você acorda, você tem simplesmente duas opções: voltar a
dormir e a sonhar ou levantar e correr atrás dos seus sonhos. A escolha é sua.

Nós fazemos chorar aqueles que cuidam de nós.

Nós choramos por aqueles que nunca cuidam de nós.

E nós cuidamos daqueles que nunca vão chorar por nós.

Essa é a vida, é estranha mas é verdade.

Uma vez que você entenda isso, nunca será tarde demais para mudar.

 

Não faça promessas quando você estiver alegre.
Não responda quando você estiver triste.
Não tome decisões quando você estiver zangado.
Pense duas vezes.... Seja esperto.

 

O tempo é como um rio.

Você nunca poderá tocar a mesma água duas vezes, porque a água que passou nunca passará novamente.

Aproveite cada minuto da sua vida.

 

Se você continuar dizendo que está ocupado, então você nunca estará livre.
Se você continuar dizendo que não tem tempo, então você nunca terá tempo.
Se você continuar dizendo que fará isso amanhã, então o amanhã nunca chegará.

 

  

Voz do tempo ...

 

publicado por Voz do vento às 21:47 | comentar | favorito
31
Mai 08

O vírus da Desculpite...

 

 

DESCULPITE

Desculpite! Ora aqui está uma das maiores epidemias que assolam a humanidade e para a qual a OMS ainda não lançou nenhum sinal de alerta. Aliás, não se trata de uma epidemia, mas sim de uma pandemia - uma epidemia à escala global.

É uma doença que ataca qualquer pessoa, independentemente do seu país, nível económico, faixa etária, religião, formação base, sexo, cor de pele, enfim… é global e tem uma capacidade de se reproduzir deveras assinalável. O vírus da Desculpite é de enorme resistência e tem uma capacidade fantástica de se adaptar a novas situações, criando variantes fortes através da sua extraordinária velocidade de mutação.

Sinais: o paciente repetidamente usa frases começadas com "Não posso, porque...": "Não posso, porque sou português ", "Não posso, porque não tenho estudos", "Não posso, porque sou muito novo", "Não posso, porque já sou velho de mais", "Não posso, porque não é para pessoas como eu, com o meu nível", "Não posso, porque é só para pessoas de um nível mais elevado", "Não posso, porque não tenho dinheiro", "Não posso, porque com o meu dinheiro não me posso misturar", etc.

De todas, a mutação mais corrente tem como sinal mais visível, hoje em dia, a frase "Não posso, porque não tenho tempo".

Estes sinais são reveladores de quê? Afinal qual é a doença profunda, que está levando este pobre doente e as respectivas família, empresa, comunidade e país, para a morte?

Mentalidade de Fracassada(o) ou de alguém que acredita que vai Fracassar e tem medo de fazer algo que ponha em risco a sua "credibilidade".

Para os vencedores não há desculpas. Eles não precisam de se vangloriar ou justificar. Para eles o país, a idade, o sexo, a cor da pele, o dinheiro, a posição, etc. não são obstáculos. E se o forem, até do limão farão limonada.
Para os fracassados tudo pode ser desculpa. Precisam de se justificar. E quanto a limões …."se calhar é melhor esperar porque acho que ainda não estão suficientemente maduros. Se calhar estão verdes. Aguardemos".

Deixo-vos uma sugestão que é ao mesmo tempo um desafio: identifiquem uma coisa, apenas uma, que tenham medo de fazer. Façam o que têm medo de fazer.
Garanto-vos que nesse dia a vossa vida mudou!

Decida em que equipa quer jogar porque está tudo dito e nada feito.

  

Voz do vento ...

publicado por Voz do vento às 23:20 | comentar | favorito
tags:
25
Mai 08

Deficiências por Mário Quintana

DEFICIÊNCIAS

Mário Quintana                                                  

'Deficiente'
é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
'Louco'
 é quem não procura ser feliz com o que possui.
'Cego'
é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
'Surdo'
 é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
'Mudo'
 é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
'Paralítico'
é quem não consegue andar na direcção daqueles que precisam de sua ajuda.
'Diabético'
 é quem não consegue ser doce.  
'Anão'
 é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

' A amizade é um amor que nunca morre.  

 

Voz do vento...

 

 

publicado por Voz do vento às 12:42 | comentar | favorito
24
Mai 08

O tempo que passou...

O tempo o nosso grande aliado, estará sempre ao nosso lado nos grandes momentos decisivos, naquele momento de grande alegria e no outro em que fomos premiados na escola pela nossa participação.

 

Estará sempre connosco naquele momento de grande emoção, naquele momento de declaração do nosso grande amor.

 

E depois quando tudo termina, fica ao nosso lado, na tristeza, na dor, no nosso sofrimento interior. É o nosso único aliado.

 

O tempo não passa de uma ilusão, o tempo demorou o necessário para cada um de nós experimentar, acreditar, saber sentir aquilo que naquele momento queríamos sentir.

 

Vivemos encurralados, aprisionados no passado que passou, no tempo que não voltará atrás, vivemos limitados nas circunstâncias por nós criadas.

 

"Tudo aquilo que somos é um resultado daquilo que pensamos" - Buda (563 a.c - 483 a.c)

 

Nós somos criadores do nosso próprio destino, tudo o que nos rodeia neste preciso momento foi criado simplesmente por nós. Nós somos o elo que nos liga ao pensamento que transmitimos daquilo que desejamos para as nossas vidas.

 

Quando acreditamos numa experiência boa e sabermos que essa experiência de vida está ao nosso alcance e o que fazemos, pensamos e emitimos o nosso pensamento persistente para que tal aconteça. Desta forma, o pensamento que emitiremos tornar-se-á numa experiência na sua vida. Contudo, o inverso também acontecerá, no caso de sermos aquele ser negativo e acredita que tudo de errado e que estava no lugar errado no momento errado, e só atrairá má sorte. O seu pensamento é como uma ordem que emitimos.

 

Deixo-vos uma citação:

 

" Se está a sentir-se bem, é porque está a criar um futuro que está alinhado com os seus desejos. Se está a sentir-se mal, é porque está a criar um futuro que não está alinhado com os seus desejos. À medida que os dias passam, a lei da atracção vai funcionando, a cada minuto que passa.

Tudo aquilo que pensamos e sentimos está a criar o nosso futuro. Se está preocupado ou com medo, então está a atrair mais preocupações ao longo do dia.

Se está a sentir-se bem, é porque está a ter bons pensamentos. Por isso, está no caminho certo e está a emitir uma frequência poderosa que atrai de volta mais coisas boas que o farão sentir-se bem" - Marci Shimoff.

 

 

Estejam conscientes de que ao sentirem bem, atraíram para si mesmo, as coisas boas.

 

"Criamos o nosso próprio universo com o desenrolar das coisas" - Winston Churchill.

 

Por isso, viva cada dia como se fosse o único que tem.

 

Comece um dia como se fosse um dia novo

Hoje é o ínicio da sua nova vida

Todas as coisas boas estão a vir para si, hoje

Agradeça pelo facto de estar vivo

Visualize a beleza que o rodeia

Viva intensamente com paixão e propósito

Dedique o tempo para rir e brincar todos os dias

Foque em todas as coisas boas na sua vida

E agradeça por elas

E esteja em paz e uno com todas as coisas

Sinta o Amor, a Alegria e a Abundância

Seja livre para ser você mesmo

Seja a magnifico na sua forma humana

Seja a perfeição da vida

Seja grato por ser...

Você.

 

Voz do tempo...

 

publicado por Voz do vento às 22:43 | comentar | favorito
tags:
música: Should I stay or should I go

Mensagem de motivação

 
Numa época igual a muitas outras que a humanidade já atravessou é necessário - Motivação e espírito positivo aliado a uma atitude positiva.
 
Já tive o privilégio de premiar ao meu ser a visão de um excelente trabalho de equipa de forma em que a união faz a força e todos juntos conseguiremos atingir, mais rapidamente ou lentamente, de acordo com a nosso próprio estilo implementado, o objectivo a que propusemos a nós próprios.
 
Acima de tudo, não deveremos esquecer de que a persistência é como uma dança criativa ao som melodioso de uma música mágica - a nossa vida.
 
A determinação de que iremos e VAMOS SUPERAR o desafio, seja qual ele for, não devemos desistir na primeira derrocada, não deveremos virar as costas, não deveremos mencionar que não conseguimos, devemos ser LIDERES DE NÓS PRÓPRIOS para que  possamos  ser lideres de uma pequena ou grande equipa.
 
TODOS JUNTOS CONSEGUIREMOS, NÃO DEVEMOS VIVER A VIDA NA SOLIDÃO. OS DESAFIOS SERÃO MAIS FÁCEIS DE SUPERAR NO CONJUNTO.
A VIDA SÃO PEQUENAS BATALHAS A SUPERAR.
 
 
 
É a minha mensagem de motivação e visualizem o vídeo que vos anexo é maravilhoso, no entanto afirmo que já tive a oportunidade de ver um espectáculo deste grupo é fabuloso, o impacto é superior a aquilo que conseguimos ver.
 
 


 Voz do vento...

publicado por Voz do vento às 16:57 | comentar | favorito
música: Música irlandesa

Cada criança no mundo não deveria ....

 

A mensagem é muito delicada, no entanto, não consigo ficar indiferente ao tema sem manifestar a minha palavra. Cada criança no mundo não deveria NUNCA ser desprovida de carinho, apoio, protecção dos seus progenitores. No mundo real e actual que todos nós vivemos com as suas vicissitudes e adversidades impõem-nos muitos momentos difíceis.

Não necessito de visualizar a imagem de um ser tão pequeno, frágil e desamparado para imaginar que ao meu lado muitas vezes a viver uma vida 'de miséria dourada' estão tantos outros seres que a figura que os amparava ou que afirmou que sempre os iria amparam neste mundo, deixa-os entregues ao um destino cruel que vivenciam , dia após dia, o aperto de um estômago com fome, a vergonha de encarar a dura realidade deixada e o confronto diário para a sobrevivência.

Nós, seres adultos e responsáveis pela vinda desta 'seres' deveríamos ser punidos por privá-los da oportunidade de viver uma vida normal com alegria, saúde e muito amor. Deveríamos ser punidos por não lhes proporcionarmos uma vida equilibrada e deixarmos entregues à sorte da vida mundana.

Imaginamos vós, seres adultos que tiveram vidas e infâncias difíceis e que fizeram promessa num dia tão dolorosa, naquele dia de desespero que quando um dia tivessem os vossos próprios filhos, tudo iriam  fazer para que não passassem pelo mesmo, iriam fazer tudo por tudo para que não lhes acontecesse, lutariam contra 'todo o mundo' para os proteger, aguentariam todas as contrariedades que a vida lhes apresentasse para que pudessem amá-los.

E quando esses momentos difíceis, batem nas vossas portas, o que fazemos, esquecemos a promessa que fizemos connosco próprios, aquela promessa num momento de grande desespero, naquele momento que pedimos a todos os santos e mais alguns que ocorreu no nosso pensamento, e o que fazemos.

Tão simples quanto isto, ABANDONAMOS ESTES E OUTROS TANTOS SERES PEQUENOS, DESPROVIDOS DE PROTECÇÃO À CRUELDADE MUNDANA.

Esta mensagem  é a minha 'manifestação interior'.. mas, nunca é demais lembrar como para alguns, a vida é bem mais difícil...
          Pensem nisto!!!!

 

Voz do vento...

publicado por Voz do vento às 16:43 | comentar | favorito
música: we are the world, we are the ...

Perda

A perda é algo para qual nenhum SER está plenamente preparado. Somos confrontados pelo términos de uma longa caminhada daquele que amamos verdadeiramente e que achamos que estaria ao nosso lado até esse momento chegar. Mas cada um de nós tem a sua trajectória e é inexplicável o porquê da ocorrência. Deveríamos ao contrário de como ocidente reage perante a morte, deveria recordar que aquele ser realmente deixou um legado para as gerações vindouras, recordar os seus momentos de luta, as suas glorias, as suas angústias e a coragem de viver cada momento, intensamente até ao último momento. Desta forma, vivermos intensamente um dia de cada vez como se fosse um único dia que temos.

 

 


Na realidade não o fazemos somente recordamos no momento da perda o que ainda podíamos ter feito e não fizemos, o que poderíamos ter dito e não dizemos, e os vários se e se... que irão perpetuar no nosso SER.
Só apercebemos tardiamente, o que na realidade não fizemos, o que não dissemos, os abraços que não demos, as palavras amigas que não proferimos quando confrontamos com o fim da passagem da vida terrena.


Só nesse minúsculo momento, faz um clic na nossa mente. Porquê em todo o tempo esse clic não surgir, só naquela hora, naquele frio e triste lugar aonde nos encontramos a chorar pela perda daquele com que tivemos o privilégio na nossa vida de partilhar.

Não deixem que somente nesse momento faça o clic para vos colocar na enorme insegurança do que nada fizeram, pratiquem todos os dias como se fosse o único dia para demonstrar aquele que realmente amam e o quanto são importantes nas vossas vidas.

Assim sentiram que a partida é simplesmente o fim de uma longa caminhada e o começo de outra.

 

Voz do vento...

publicado por Voz do vento às 16:06 | comentar | favorito
tags:

Raio do medo

 

 
Em todos os tempos da sociedade, enquanto sociedade tal como conhecemos, os seres mantiveram o constrangimento perante o medo.
 
Medo de tudo, medo por não serem verdadeiramente amados, medo por não terem o tal reconhecimento daqueles que privam e partilham as suas vidas, o medo de não serem glorificados perante terceiros pelos seus feitos. O medo, esse que impede cada um de nós a avançarmos com as nossas vidas, o medo que nos leva à impotência do nosso "SER". O medo de contrariarmos com as mentalidades, pré-concebidas de décadas, do "não" podemos fazê-lo, ou dizê-lo, ou não perante ou outros, o não perante a vergonha dos vizinhos, o que estes dirão, o não porque dizemos basta "não queremos viver" destas forma ou perante a "surrealidade" dos acontecimentos.
 
O "não" perante a sociedade ridícula que vive à sombra da mentira. Tantos medos que pairam sobre nós e que por vezes, deixamos de ver-nos como ser que somos e o que pretendemos realizar nas nossas vidas.
 
O medo de deixarmos de sentirmos medo. É superar o medo que nos invade a essência do nosso SER.
 
Será a grande prova do nosso próprio Ser - superar o medo.


Voz do vento... 
publicado por Voz do vento às 15:44 | comentar | ver comentários (1) | favorito
tags:
música: Take a break away

Vencedores e vencidos

 

 

 

 

A diferença entre as pessoas vencedoras e as pessoas derrotadas.

 

Eis algumas "grandes diferenças":

 

 - Perante os erros

 

Quando um vencedor comete um erro, diz apenas que "equivocou-se " e  que aprendeu a lição;

Ao contrário, quando um perdedor comete um erro afirma, dizendo: " Não foi culpa sua" e a responsabilidade é dos outros.

 

 - Perante as adversidades:

 

 Um vendedor sabe que a adversidade é maior e tem respeito;

 Um perdedor sente-se vítima durante as adversidades.

 

 - Perante os resultados:

 

Um vencedor sabe qualquer resultado das coisas dependerá de si mesmo;

Um perdedor acredita que existe má sorte.

 

 - Perante a dedicação e trabalho:

 

Um vencedor trabalha muito e dedica mais tempo para si mesmo;

Um perdedor está sempre muito "ocupado" e não tém tempo nem sequer para os seus.

 

 - Perante os desafios:

 

Um vencedor enfrenta os desafios, um a um;

Um perdedor rodeia os desafios e nem se atreve a tentar.

 

 - Perante o compromisso:

 

Um vencedor compromete-se, dá a sua palavra:

Um perdedor faz as promessas, mas nem põe as mãos à obra e quando falha só sabe justificar-se.

 

 - Perante o seu performance:

 

Um vencedor afirma: "Sou bom, mas tenho que melhorar";

Um perdedor afirma: "Não sou tão mau como os outros".

 

 - Perante cada atitude:

 

Um vencedor, escuta, compreende e responde;

Um perdedor não espera pelo momento de falar.

 

 - Perante os sábios:

 

Um vencedor respeita aqueles que sabem mais do que ele e se preocupa em aprender algo com eles;

Um perdedor resiste a todos aqueles que sabem mais e só se fixa nos seus defeitos.

 

 - Perante a responsabilidade:

 

Um vencedor sente-se responsável por algo mais do que pelo seu próprio trabalho;

Um perdedor, não se compromete e afirma sempre: "Olho pelo o meu trabalho e já é bastante".

 

Um vencedor afirma sempre:" que deverá haver uma melhor forma de resolver";

Um perdedor afirma sempre: " Esta é a forma que sempre fiz . Não há outra maneira...".

 

Um vencedor considera-se PARTE DA SOLUÇÂO.

Um perdedor é parte do problema.

 

Um vencedor consegue ver "um bosque na sua totallidade";

Um perdedor só se fixa na" árvore que está a plantar".

 

Voz do tempo...

 

  

publicado por Voz do vento às 14:10 | comentar | favorito
música: Don't let the sun go down on me - Elton John

Alguma vez ....

 

 

Alguma vez,  já sentiu a sensação de um desejo de fazer algo agradável por aquela pessoa que nutre algum carinho.

É DEUS, que vos fala através do espírito santo.

 

Alguma vez sentiu a Solidão e a Tristeza apoderasse no seu coração, embora parecendo que não está sozinho e que tem alguém ao seu lado?

É DEUS que vos acolhe através de Jesus Cristo.

 

Alguma vez  ao pensar em certa pessoa, alguém que vos é querido e não o vê há algum tempo, acontece que de repente essa pessoa surge à sua frente?

É DEUS, porque o acaso não existe.

 

Alguma vez recebeu algo maravilhoso que nem tinha pedido?

É DEUS que conhece bem os segredos do seu coração

 

Alguma vez estive em uma situação  muito problemática sem ter a menor ideia de como  poderá resolver e de repente a solução surge do nada?

É DEUS que toma os nossos problemas nas Suas Mãos.

 

Alguma vez sentiu uma imensa tristeza na alma e de repente surge como um bálsamo fosse derramado e uma paz inexplicável invade o seu Ser?

É DEUS que o consola com uma abraço e lhe dá esperança.

 

Alguma vez sentiu cansado da vida, ao ponto desejar morrer .... e de repente um dia, sente a força suficiente para continuar?

É DEUS que o carrega nos seus Braços e lhe dá descanso.

 

Tudo é melhor quando...

É DEUS QUEM ESTÁ  À FRENTE DE TUDO!!!!

 

Pensa que leu a mensagem por acaso?

Foi DEUS que tocou no meu coração e lhe deixou a mensagem escrita para si, leitor, não por ser uma pessoa amiga, colega mas por ser uma pessoa importante para DEUS.

 

Deixa DEUS tocar no seu coração e envia esta mensagem a todos aqueles que partilham a sua vida, sejam eles amigos, colegas, parentes e até mesmo, para aquelas pessoas que não são tão amigas assim, para uma que nem se pode chamar de colega, e para aqueles que nem chamaria de irmão.

 

Mas partilhe o AMOR DE DEUS.

 

Voz do vento...

 

 

publicado por Voz do vento às 13:22 | comentar | favorito
música: EVERYBODY HURTS
05
Mai 08

Palavras levam o vento...

Palavras serão ditas e não serão levadas pelo vento.

Recordações ficaram pela voz do vento.

 

Por vezes, temos a tendência de proferir palavras sem sentimentos, palavras no vazio, simplesmente para calar o momento. No entanto, as palavras tem o valor daquele momento, daquela ocasião, naquela triste hora em que foram proferidas. As palavras por mais pequenas que sejam o seu significado terão o peso da herança que carregam para cada um de nôs. E isso farã a diferença do nosso amanhã. Serão aquelas palavras que foram ditas no momento de fúria e irão perturbar-nos cada momento, serão aquelas palavras proferidas no momento de ira, de irritação, de neura, de desorientação que irão tornar-se nos nossos pesadelos.

 

E depois de terem sido ditas, não voltam a ter outro sentido, serão como a passagem do vento que outrora passou no rasgo de ousadia, deixou o seu assobio.

 

 

 

Voz do vento...

publicado por Voz do vento às 00:04 | comentar | favorito
música: UM SÓ CEU - DELFINS